PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Juca: Cuca está repetindo o que Jorge Jesus fez em 2019, joga com os mesmos

Do UOL, em São Paulo

20/09/2021 19h22

Classificação e Jogos

O Atlético-MG manteve sua vantagem de sete pontos em relação ao Palmeiras na liderança do Campeonato Brasileiro e aumentou a distância para o Flamengo no fim de semana, agora com o clube rubro-negro não dependendo mais apenas de seus resultados na disputa pelo título nacional. E tudo isso com o técnico Cuca mandando a campo o seu time principal nas três competições que disputa.

No podcast Posse de Bola #162, Juca Kfouri aponta uma semelhança em relação ao uso de jogadores pelo treinador atleticano da mesma maneira que Jorge Jesus fez com o Flamengo em 2019 e questiona se os jogadores terão condições físicas de suportar a maratona com reta final de Brasileirão, semifinais de Libertadores e de Copa do Brasil.

"Estou querendo ver qual é o limite físico do time do Atlético-MG, embora o Atlético-MG tenha muitas trocas possíveis para fazer sem que o time caia de nível, mas de alguma maneira, o Cuca está repetindo aquilo que o Jorge Jesus fez no Flamengo em 2019, ele joga o máximo do tempo que ele pode com seus titulares", diz Juca.

"É verdade, o Nacho Fernandez ficou no banco, entrou só nos últimos 15 minutos, mas basicamente o Galo entra com o time que pode, com o time que tem. Tem um limite para isso? É provável que tenha, por enquanto, a gente não chegou nesse limite, você não vê nenhuma queda de rendimento no time do Atlético-MG", completa.

O jornalista afirma que o Galo terá um teste importante no confronto com o Palmeiras e ressalta o poderio ofensivo do time de Cuca com a dupla formada por Diego Costa e Hulk.

"Vamos ter um teste magnífico agora, mas o Atlético-MG me parece neste momento o de maior solidez e eu repito e vou repetir até o fim, imagino como sofra um treinador que pense de noite antes de enfrentar Hulk e Diego Costa, porque cada vez que um deles pega na bola e parte para cima, é uma dificuldade, eu não queria ser zagueiro diante desses dois em hipótese alguma, nem treinador", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol