PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Athletico-PR aproveita expulsão e vira partida contra o Juventude

Do UOL, em São Paulo

18/09/2021 20h39

Classificação e Jogos

Com um a mais na maior parte do jogo, o Athletico Paranaense teve um jogo difícil, mas conseguiu virar e vencer o Juventude por 2 a 1 na Arena da Baixada pela 21ª rodada do Brasileirão. Os gols foram marcados por Bissoli e Renato Kayzer, pelo lado dos mandantes, e Ricardo Bueno, pela equipe gaúcha, que teve Rafael Forster expulso no primeiro tempo.

Com o resultado, o Athletico volta a vencer após sete rodadas no Brasileirão e agora vai aos 27 pontos, podendo encerrar a rodada na metade de cima da tabela, posição que só não ocupou no último final de semana. O Juventude permanece com 23 e segue com o alerta ligado, a dois pontos do América-MG, que hoje abre a zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o time gaúcho receberá o Santos, enquanto o Athletico volta a jogar na Arena da Baixada, desta vez contra o Grêmio. Antes disso, a equipe visita o Peñarol no meio da semana, pela semifinal da Copa Sul-Americana.

Quem foi bem: Abner participa dos lances da virada

O lateral fez de tudo em campo. Começou no meio e depois voltou para sua posição original. No segundo tempo, cruzou a bola que tocou na mão e gerou o pênalti para o Furacão. Para finalizar, colocou a bola na cabeça de Kayzer e garantiu sua assistência na partida. No Juventude, Guilherme Castilho carregou o time no ataque e deixou o ataque ativo mesmo com um a menos.

Quem foi mal: Forster leva vermelho em jogada imprudente

O lateral Rafael Forster não dosou na força e exagerou demais ao entrar de sola no tornozelo de Nikão. Foi para a rua com um vermelho direto ainda com 20 minutos de jogo.

Muitos chutes, poucos no alvo

O Furacão começou a partida com dificuldades para sair jogando e se livrar da forte marcação do Juventude. Esse cenário começou a mudar a partir do chute venenoso de Terans, espalmado pelo goleiro Douglas. Por coincidência, os visitantes ficaram com um atleta a menos logo em seguida, facilitando a vida do Athletico. Mas as várias chances criadas pelo Furacão raramente foram ao gol. Antes do intervalo, a segunda e última finalização certa da equipe saiu de novo dos pés de Terans. Novamente, Douglas evitou o golaço de fora da área. Do outro lado, o único chute do Juventude ao gol aconteceu aos 38 minutos, quando Ricardo Bueno avançou dentro da área e finalizou na rede pelo lado de fora.

VAR revisa 'solada', e Juventude tem jogador expulso

Prejuízo grande para o Juventude com 20 minutos de jogo. O lateral Rafael Forster entrou de sola em Nikão e recebeu apenas o amarelo do árbitro, mas o VAR dedurou a jogada fortíssima e o jogador levou o vermelho direto. Duro golpe para o time visitante que havia começado bem a partida.

Goleiro trabalha lá atrás e Juventude converte na frente

Em vantagem numérica, mas sem aquele poderio na frente, o Athletico abriu mão dos três zagueiros e voltou com Pedro Rocha no ataque. Mas a eficiência de Douglas evitou outro gol do Furacão, como na cabeçada de Bissoli dentro da área. Mesmo com um a menos, o Juventude não se fechou e conseguiu um pênalti com Guilherme Castilho (muito bem na partida), derrubado por Marcinho. Ricardo Bueno bateu com segurança e abriu o placar. 1 a 0.

VAR entra em cena de novo e Furacão empata

Apesar de ainda ter muito tempo pela frente, o Athletico já esboçava sinais de nervosismo em campo diante de um Juventude que controlava mais a partida. Mas o VAR foi exigido de novo e pegou o toque de mão de Paulinho Bóia dentro da área. Bissoli cobrou o pênalti rasteiro no meio do gol. Douglas quase pegou, mas dessa vez não evitou o empate dos anfitriões.

Kayzer sai do banco e vira para o Athletico

Sem nada a perder, Paulo Autuori colocou o Athletico ainda mais ofensivo em campo. O empate deu o gás que a equipe precisava para pelo menos equilibrar as forças com o Juventude, que seguia atacando. Sete minutos depois de tirar um volante e colocar mais um atacante, o técnico do Furacão viu Renato Kayzer se adiantar dentro da área e testar firme na saída de Douglas para virar e dar números finais ao jogo. Gol que deu o alívio ao Furacão e tranquilidade para administrar a vitória nos últimos 15 minutos.

ATHLETICO-PR 2x1 JUVENTUDE

Motivo: 21ª primeira rodada do Brasileirão
Data/Hora: 18/09/2021, às 18h45 (de Brasília)
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Leo Simão Holanda (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Cleberson do Nascimento Leite (CE)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

GOLS: Ricardo Bueno, 10'2ºT (0-1), Bissoli, 17'2ºT (1-1); Renato Kayzer, 25'2ºT (2-1)
Cartões amarelos: Nicolas, Nikão, Erick, Bissoli, Zé Ivaldo (ATH), Douglas (JUV)
Cartão vermelho: Rafael Forster (JUV).

ATHLETICO-PR: Santos; Zé Ivaldo, Lucas Fasson e Nicolas (Pedro Rocha); Marcinho (Khellven), Christian (Renato Kayzer), Erick (Richard) e Abner; David Terans (Léo Cittadini), Nikão e Bissoli. Técnico: Paulo Antuori.

JUVENTUDE: Marcelo Carné; M. Macedo (Fernando Pacheco), Vitor Mendes, Quintero e Rafael Forster; Jadson, Dawhan e Guilherme Castilho (Wescley); Capixaba (Alyson), Paulinho Bóia (Paulo Henrique) e Ricardo Bueno. Técnico: Marquinhos Santos.

Futebol