PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Agente entrega 'proposta final' e espera acordo com Cruzeiro por Ageu

Volante Ageu e Cruzeiro podem entrar em acordo para renovação de contrato por mais dois anos - Rodolfo Rodrigues/Cruzeiro
Volante Ageu e Cruzeiro podem entrar em acordo para renovação de contrato por mais dois anos Imagem: Rodolfo Rodrigues/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

16/09/2021 04h00

Classificação e Jogos

A diretoria do Cruzeiro trabalha para corrigir contratos assinados com jovens da base que geram insegurança jurídica para o clube. Um desses vínculos é o do volante Ageu, de 19 anos, que se destaca no time sub-20 celeste. Em negociação há algum tempo, dirigentes da Raposa e o agente do atleta estão perto de encerrar as conversas, e tudo pode ter um final feliz. Segundo apurou o UOL Esporte há uma pequena diferença de valores entre as partes para que um novo acordo seja firmado até 31 de dezembro de 2023.

"O Cruzeiro enviou uma contraproposta e fizemos uma proposta final em cima do que ofereceram. A intenção é renovarmos o contrato do Ageu até dezembro de 2023. A diferença é muito baixa [de valores propostos] e, provavelmente, se não acontecer nenhuma reviravolta, vamos entrar em acordo", disse ao UOL o empresário Bruno Vicintin, que cuida dos interesses da carreira do atleta.

A situação que envolve o contrato de Ageu está nas mãos do diretor de futebol Rodrigo Pastana. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, "as questões contratuais que envolvem o atleta estão sendo tratadas internamente pelo departamento de futebol".

Segundo apurou a reportagem, a diferença de valores entre as partes está em torno de R$ 2 mil.

As conversas para a renovação entre Cruzeiro e o representante de Ageu começaram em junho deste ano. Naquela época, estava perto de vencer os três anos de vínculo do jogador com o Cruzeiro, período garantido pela Fifa quando menores de 18 anos assinam contrato com clubes de futebol.

Ainda quando a presidência celeste estava com Wagner Pires de Sá — deposto do cargo por irregularidades em 2019 —, o Cruzeiro assinou acordo de cinco anos com Ageu. E o UOL revelou no começo de 2021 que alguns contratos assinados com garotos menores de 18 anos foram redigidos fora dos padrões da Fifa. Assim, o tempo de acordo estipulado, de cinco anos, não tinha completa segurança jurídica no país, uma vez que a entidade que regula o futebol prevê legalmente apenas três anos de vínculo para jogadores nessa faixa de idade.

Outros casos

A situação de Ageu não é novidade na Toca I. Dois jogadores deixaram o clube por causa desses acordos firmados na gestão de Wagner Pires de Sá: o meia Alejandro Viniegra, que acertou com o Dallas FC, dos Estados Unidos, e o zagueiro César, negociado com o Red Bull Bragantino.

Contratos que estavam na mesma condição e já foram corrigidos foram os do goleiro Rodrigo Bazílio, do zagueiro Weverton, de Stênio, emprestado recentemente ao Torino, da Itália.

Cruzeiro