PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras: Grupo divulga carta aberta com críticas veladas a Leila Pereira

Palmeiras redecorou sede do clube com homenagem ao bi da Libertadores - Divulgação
Palmeiras redecorou sede do clube com homenagem ao bi da Libertadores Imagem: Divulgação

Diego Iwata Lima

De São Paulo

15/09/2021 22h01

O coletivo "Ocupa Palestra", de sócios do Palmeiras, enviou aos conselheiros do clube uma carta aberta pedindo compromisso dos candidatos à presidência com o que denominou de "boas práticas eleitorais". A carta é assinada pelos conselheiros Felipe Giocondo, Luiz Moncau e Marcos Gama.

Em linhas gerais, o movimento oposicionista independente pede que os candidatos assumam o compromisso de não distribuir brindes, de participar em debates e entrevistas para discussão de propostas e de não pagar mensalidades e dívidas dos associados.

As críticas, ao mesmo tempo, atacam as duas candidaturas já anunciadas. A candidata da situação Leila Pereira, proprietária da Crefisa, patrocinadora do clube, é conhecida por distribuir agrados e promover almoços e jantares com associados, inclusive nas dependências do clube.

Já Mustafá Contursi, padrinho da candidatura de Mario Giannini, da oposição, tinha o costume de anistiar associados na época das eleições como instrumento de campanha, nos anos 1990 e 2000.

As eleições no clube alviverde vão acontecer em novembro de 2021, por meio de votos dos associados. Alguns grupos independentes, como o próprio Ocupa Palestra, ainda tentam viabilizar alternativas a ambos. Os conselheiros Saverio Orlandi e Paulo Jussio já desistiram de se candidatar.

Veja abaixo a íntegra da carta:

Palestra Italia, 15 de setembro de 2021 - Dia Internacional da Democracia

Carta aberta aos candidatos e candidatas à Diretoria Executiva da SEP;

A disputa eleitoral para Presidência da SEP deve ser pautada apenas pelo amplo debate de ideias e propostas, rompendo práticas infelizmente consolidadas em nosso futebol e que remetem à antiga cartolagem.

O Ocupa Palestra convida os aspirantes à Presidência e Vice-Presidência a assumirem os seguintes compromissos em torno de eleições justas e democráticas no Palmeiras:

(i) jamais ofertar qualquer benefício financeiro aos associados e/ou conselheiros do clube, direta ou indiretamente;

(ii) não quitar mensalidades ou débitos de associados, em qualquer hipótese;

(iii) não distribuir brindes e/ou produtos de valor nem realizar sorteios, dentro e fora do clube;

(iv) participar de debates e entrevistas públicas para apresentar suas ideias e propostas e confrontá-las com as dos demais candidatos;

(v) não utilizar as estruturas da SEP (funcionários, bancos de dados, mobiliário do clube, entre outros) para realizar campanha; (vi) não acessar os dados pessoais cedidos ao clube pelos associados para enviar mensagens de cunho eleitoral; (vi) respeitar o bom senso e a ética da disputa, considerando as regras eleitorais do país nos casos não previstos em nosso estatuto social;

O Ocupa Palestra divulgará, oportunamente, o posicionamento de cada concorrente sobre a adesão aos compromissos listados. Serão consideradas as respostas enviadas para ocupapalestra1914@gmail.com até o prazo final de inscrição das chapas.

Desejamos boa sorte aos candidatos e que a SEP possa ter uma disputa pautada em ideias e propostas para o futuro do clube. Não há atalhos para a democracia!

Assinam esta carta o Ocupa Palestra e seus conselheiros, abaixo listados:

Felipe Giocondo
Luiz F. Marrey Moncau
Marcos Gama

Futebol