PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2021/2022

De goleada a anticlímax: Como foram as estreias dos favoritos na Champions

Neymar terminou o jogo contra o Brugge sem tentar uma finalização sequer pelo PSG - Joris Verwijst/BSR Agency/Getty Images
Neymar terminou o jogo contra o Brugge sem tentar uma finalização sequer pelo PSG Imagem: Joris Verwijst/BSR Agency/Getty Images

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

15/09/2021 19h08

Classificação e Jogos

Foram dois dias de expectativas altas na primeira rodada dos grupos da Liga dos Campeões, mas a maioria dos favoritos ficou abaixo do que poderia e passou por dificuldades contra equipes consideradas mais fracas. Ontem (14), o United de Cristiano Ronaldo tomou virada nos acréscimos; hoje (15) o PSG estrelado só empatou; ainda teve Liverpool em apuros; Chelsea e Real Madrid com gols tardios; e só Bayern e City estreando com alguma tranquilidade. Abaixo, o UOL Esporte faz o balanço das estreias dos sete.

Foi tirar o robozão...

O gol de Cristiano Ronaldo fez parecer, ao menos por alguns minutos, que tudo daria certo para o Manchester United na visita ao Young Boys. Acontece que o time ficou com um a menos aos 35 minutos, cedeu empate no segundo tempo, e o técnico Solskjaer decidiu dar fôlego ao time: trocou CR7 por Lingard, que cinco minutos depois entregou o ouro na saída de bola e viu o time suíço fazer o gol da virada por 2 a 1. "Ele [Cristiano] é excepcional, mas temos que cuidar dele e parecia o momento para tirá-lo", disse Solskjaer na coletiva pós-jogo.

Bayern controla sem fazer 8

O time alemão voltou ao Campo Nou pouco mais de um ano após aquele 8 a 2 histórico da última Champions, mas desta vez mostrou alguma piedade. O Barcelona até fez um primeiro tempo digno com as peças que tinha, mas o time jovem demais foi sendo dominado aos poucos pelo Bayern de Munique, que administrou os 3 a 0 como quis.

Lukaku resolve a vida do Chelsea

Lukaku marca o único gol do Chelsea contra o Zenit pela Liga dos Campeões - REUTERS - REUTERS
Imagem: REUTERS

O atual campeão europeu fez 45 minutos em marcha lenta contra um Zenit quase inteiramente defensivo em Londres. Não achou muito espaço, foi pouco criativo, mas voltou mais insistente do intervalo até Lukaku fazer o gol decisivo. Vitória protocolar do Chelsea, por 1 a 0, mas contra um adversário que pode ser perigoso.

Manchester City não economiza gols

A vitória eletrizante sobre o Leipzig teve nove gols, mas o Manchester City sempre esteve à frente do placar e buscando ampliar. Depois de abrir dois de vantagem, o time inglês respondeu imediatamente todas as vezes que os visitantes diminuíram. No final, Gabriel Jesus fechou o placar dos 6 a 3 de um resultado pouco usual, mas de alguma forma dentro do que Guardiola pensa para sua equipe.

PSG ainda não encaixou suas estrelas

Neymar, Mbappé e Messi em ação, juntos, pelo Paris Saint-Germain em jogo da Liga dos Campeões contra o Brugge - KENZO TRIBOUILLARD / AFP - KENZO TRIBOUILLARD / AFP
Imagem: KENZO TRIBOUILLARD / AFP

Sobra talento, mas ainda falta um esquema efetivo no Paris Saint-Germain de Messi, Neymar e Mbappé. O francês foi o melhor do trio enquanto esteve em campo e fez a jogada do gol de Herrera, mas no geral os craques ficaram abaixo da expectativa na visita ao Brugge. Messi teve seus momentos, Neymar foi discreto demais, e o empate por 1 a 1 premiou a coragem do time belga.

Liverpool e o vira-virou no Milan

Velhos problemas e velhas soluções apareceram na vitória por 3 a 2 do Liverpool sobre o Milan. Trent Alexander-Arnold, por exemplo, fez bonito gol para abrir o placar, mas depois viu a equipe italiana virar o jogo com dois gols no seu setor. Salah empatou depois do intervalo, redimiu-se de um pênalti perdido, e na pressão o Liverpool conseguiu virar o placar de novo a vinte minutos do fim.

Rodrygo livra a barra do Real

O maior campeão da Champions League tomou uma pressão daquelas no Giuseppe Meazza, e Courtois foi o melhor em campo com quatro grandes defesas. Foi só na reta final que o Real Madrid passou a responder a Inter de Milão à altura, e foi Rodrygo quem fez o gol solitário da vitória suada por 1 a 0.

Confira os resultados da primeira rodada da fase de grupos:

Grupo A
Manchester City 6 x 3 RB Leipzig
Club Brugge 1 x 1 PSG

Grupo B
Atlético de Madri 0 x 0 Porto
Liverpool 3 x 2 Milan

Grupo C
Besiktas 1 x 2 Borussia Dortmund
Sporting 1 x 5 Ajax

Grupo D
Sheriff 2 x 0 Shakhtar Donetsk
Inter de Milão 0 x 1 Real Madrid

Grupo E
Barcelona 0 x 3 Bayern de Munique
Dínamo de Kiev 0 x 0 Benfica

Grupo F
Young Boys 2 x 1 Manchester United
Villarreal 2 x 2 Atalanta

Grupo G
Sevilla 1 x 1 Salzburg
Lille 0 x 0 Wolfsburg

Grupo H
Chelsea 1 x 0 Zenit
Malmö 0 x 3 Juventus