PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Invicto no Brasileiro, Marcão tem dúvidas no Flu para a Copa do Brasil

Marcão tem dúvidas para escalar o Fluminense para "decisão" contra o Atlético-MG na Copa do Brasil - Mailson Santana/Fluminense FC
Marcão tem dúvidas para escalar o Fluminense para "decisão" contra o Atlético-MG na Copa do Brasil Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

14/09/2021 04h00

Classificação e Jogos

Há 14 jogos sem perder no Brasileirão juntando 2020 e 2021, Marcão tem dúvidas para escalar o Fluminense em jogo decisivo pela Copa do Brasil. Para a partida de volta das quartas de final contra o Atlético-MG, o treinador pode fazer mudanças em todos os setores.

Isso porque na defesa, Calegari fez boa partida e deixou uma pulga atrás da orelha do técnico. As laterais vêm sendo um problema crônico do Flu principalmente na marcação, onde a atuação do jovem subiu o nível em relação ao titular — o que havia acontecido, com papeis invertidos, no início da temporada.

"O Samuel (Xavier) vinha com muita minutagem. Hoje, nosso estafe entendeu que precisou do Calegari. Todos os jogadores estão preparados, e ele estava. Tanto que fez uma excelente partida. A gente confia no trabalho dele", afirmou o técnico após a vitória sobre o São Paulo, sem dar muitas pistas.

Na esquerda, a questão é física: Egídio ainda sente dores na coxa, e Danilo Barcelos, mesmo sem agradar tanto assim —tal como o titular, a bem da verdade—, pode ser mantido.

Já no meio de campo, Marcão vem observando com carinho as atuações de Nonato, que o agrada muito e possui mais características de armação do que Martinelli. Sem Ganso, lesionado, nem Cazares, que não pode atuar na competição de mata-mata, a única opção de meia é Nenê, além de jovens como Gustavo Apis e Matheus Martins.

O jogador de 40 anos, entretanto, não vive bom momento, e o treinador não tem utilizado tanto as crias da base em Xerém como alternativas já no time titular.

No ataque, a volta de Jhon Arias, que esteve fora nos últimos dois jogos por ter viajado à Colômbia para o velório de sua avó, pode virar uma mexida. Caio Paulista, antes titular, está recuperado da lesão que o tirou da equipe, e Luiz Henrique marcou duas vezes nos últimos dois jogos, além de viver bom momento.

Assim, como o colombiano empolgou nas primeiras chances que teve, Marcão terá uma "dor de cabeça boa": precisará escolher dois jogadores entre as três alternativas. Tudo está aberto por ali. Fred, capitão da equipe, está confirmado como titular, até por estar suspenso contra o Cuiabá, no próximo jogo do Tricolor pelo Brasileirão.

A primeira "pedreira", entretanto, será o Galo, adversário que não perde jogando no Mineirão desde maio, quando foi derrotado pelo Fortaleza. Para se classificar, o Fluminense precisa de vitória por dois ou mais gols de diferença. Uma vitória simples do Tricolor leva o jogo para os pênaltis.

Fluminense