PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cristiano Ronaldo faz discurso no United: "Não voltei para ser cheerleader"

Cristiano Ronaldo reestreou no Manchester United contra o Newcastle - Phil Noble/Reuters
Cristiano Ronaldo reestreou no Manchester United contra o Newcastle Imagem: Phil Noble/Reuters

Do UOL, em São Paulo

14/09/2021 07h57

Cristiano Ronaldo fez um discurso inflamado antes da reestreia no Manchester United. O português voltou ao clube inglês e fez dois gols na vitória por 4 a 1 contra o Newcastle, no último fim de semana, pelo Campeonato Inglês. CR7 está em sua segunda passagem pelos Red Devils - antes, atuou pelo time entre 2003 e 2009.

"Voltei ao Manchester United por dois motivos. O primeiro é porque amo o clube. O segundo é que amo a mentalidade vencedora que se espalha por este clube. Eu não voltei para ser um líder de torcida", disse o português, segundo uma fonte do jornal The Sun, que presenciou a preleção.

"Se vocês querem ter sucesso, então preciso que amem este clube do fundo do coração. Vocês precisam comer, dormir e lutar por este clube. Quer você jogue ou não, você precisa apoiar seus companheiros de equipe e sempre dar 100% pelo clube", afirmou Cristiano Ronaldo.

CR7 ainda declarou que viu de longe como o United não teve muito destaque nos últimos anos, principalmente após a saída do técnico Alex Ferguson — se aposentou em 2013. Porém, fez elogios ao elenco do clube.

"Todos vocês são jogadores incríveis, e eu acredito em vocês, senão não teria voltado. Eu só quero criar uma mentalidade vencedora. Então, quando eu me aposentar um dia, a mentalidade vencedora permanecerá, e este grupo de jogadores vai dominar o futebol, como fizemos no passado. Vou dar o meu melhor pela equipe, mas também preciso do apoio de vocês. Vocês estão prontos para lutar? Vocês estão prontos para deixar tudo em campo?", completou Ronaldo.

Esporte