PUBLICIDADE
Topo

Santos

Com mais de 10 baixas, Carille enfrenta problemas em decisão no Santos

Fábio Carille estreou na Vila Belmiro pelo Santos, diante do Bahia - Fernanda Luz/AGIF
Fábio Carille estreou na Vila Belmiro pelo Santos, diante do Bahia Imagem: Fernanda Luz/AGIF

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

14/09/2021 04h00

Classificação e Jogos

Com 13 desfalques para a decisão contra o Athletico-PR, hoje (14), na Vila Belmiro, às 21h30 (de Brasília), pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, o técnico Fábio Carille já enfrenta problemas no Santos com menos de uma semana de clube.

O setor que mais preocupa o treinador é a defesa, que não poderá contar com Luiz Felipe e Robson Reis. O veterano estava perto de ficar à disposição, mas teve um edema diagnosticado e deve ser liberado para atuar no final de semana. Já o jovem defensor teve uma entorse no tornozelo e não tem condições de ir a campo.

Além da dupla, Kaiky, de 17 anos, ainda se recupera de uma lesão de grau 2 na coxa. A expectativa é que ele inicie a transição de campo nesta semana e fique disponível a partir de terça-feira (21). Já Emiliano Velázquez, anunciado como reforço no fim de agosto, não teve sua estreia promovida até o momento. Ele não poderá atuar contra o Furacão, pois o Peixe não realizou sua inscrição dentro do prazo.

Danilo Boza, utilizado contra o Bahia no empate em 0 a 0 no último final de semana, era uma das principais opções de Carille, que aprovou o desempenho do defensor. Porém, atuou pela competição pelo Mirassol e também não está disponível. Na lateral, Madson ainda se recupera de dores articulares e sequer foi relacionado para a partida contra o Furacão.

Sendo assim, a zaga santista terá Wagner Leonardo, Jonnathan e Derick como opções, caso Carille não improvise algum jogador no setor.

Já no meio-campo o treinador santista não poderá contar com Camacho, que atuou na Copa do Brasil pelo Corinthians, além de Sandry e Jobson, que vivem processo de recondicionamento físico. Inclusive, segundo apurou o UOL Esporte, o volante veterano deve retornar ao time no final deste mês, enquanto o Menino da Vila tem sua previsão para meio de outubro. No ataque, Léo Baptistão é a principal baixa. Ele não fica à disposição por não ter sido inscrito na competição.

Além de ter que enfrentar os desfalques, Carille precisará reverter o placar do jogo de ida, na Arena da Baixada. O Santos perdeu por 1 a 0 e precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar à semifinal da competição brasileira sem precisar da decisão por pênaltis.

Santos