PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Menon: "Ficou claro que São Paulo não tem elenco para poupar jogador"

Do UOL, em São Paulo

13/09/2021 00h27

Classificação e Jogos

No duelo dos tricolores, o carioca levou a melhor sobre o paulista. Neste domingo (12), o Fluminense venceu o São Paulo por 2 a 1 no Maracanã e se aproximou do G6 do Brasileirão. O resultado foi muito ruim para o clube do Morumbi, que está apenas um ponto acima da zona de rebaixamento.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte - com os jornalistas Isabela Labate, Renato Maurício Prado, Menon e Danilo Lavieri - os comentaristas analisaram o desempenho do São Paulo e criticaram a escolha do técnico Hernán Crespo, que poupou alguns jogadores de olho na partida contra o Fortaleza, na quarta-feira (15), no duelo de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

"Foi uma vitória justa do Fluminense. Fica claro que o São Paulo não tem elenco para poupar jogador. Está em uma situação ruim no campeonato. Esse negócio de poupar é apara quem tem. Em um jogo como esse, o Rigoni, melhor jogador do São Paulo, jogar apenas 20 minutos é um erro muito grande. O São Paulo não tem bola para isso", comentou Menon, lembrando que o argentino começou a partida no banco de reservas.

Renato também estranhou o fato de Crespo optar por poupar alguns atletas. "Eu não entendo. Um time que está perto do Z-4 não pode poupar. O São Paulo está poupando pensando em uma Copa do Brasil que não tem a menor chance de ganhar. Jogando esse futebolzinho, não ganha nem do Flamengo nem do Atlético-MG. Pode até passar pelo Fortaleza, que está tendo uma queda de produção grande", avaliou.

Lavieri seguiu a linha dos colegas. "Acho um pouco complicado o São Paulo poupar nessa altura do campeonato, considerando que não tem um elenco tão grande para ficar rodando. Tem alguns mistérios, também. O Benítez jogou quatro vezes por 90 minutos no ano. É muito pouco. Não que isso seja uma surpresa, pois já era uma marca da passagem dele pelo Vasco. O São Paulo sabia, ou deveria saber, dessa questão", apontou.

Para Menon, o Tricolor paulista também apresentou problemas em um pilar do seu sistema defensivo. "Com esse problema todo, com desfalques, o Galeano improvisado na lateral direita e outros jogadores que foram poupados, o Miranda ainda fez uma partida muito ruim. Ele tem feito muitas faltas perto da área. Na jogada do segundo gol, o Luiz Henrique foi como um trem-bala e o Miranda, 17 anos mais velho, não conseguiu segurar", analisou o colunista.

Renato discordou da estratégia do técnico são-paulino para o duelo contra o Flu. "O que é mais importante para o São Paulo? Tentar ganhar a Copa do Brasil ou escapar do rebaixamento? Vai dar uma de Palmeiras, que foi campeão da Copa do Brasil e caiu no mesmo ano? Acho que o Crespo errou feio ao poupar Rigoni e Benítez. Tinha que ter tentado ganhar esse jogo", opinou, citando o caso do Verdão em 2012.

Para Lavieri, a vitória do Flu foi justa. "O Miranda falhou feio no gol do Luiz Henrique. Nem a falta ele conseguiu fazer. O São Paulo tem que ficar esperto, mas não é nada que precise perder os cabelos nesse momento. Hoje, o time estava muito 'cozido', mole, parado em algumas bolas. Se alguém merecia ganhar esse jogo, era o Fluminense", completou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol