PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Di María responde provocações de Richarlison: 'Não sei o que ele quer'

Di María comemora o gol sobre o Brasil na final da Copa América - Thiago Ribeiro/AGIF
Di María comemora o gol sobre o Brasil na final da Copa América Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/09/2021 16h11

Jogador da seleção argentina e do Paris Saint-Germain, Ángel Di María respondeu as recentes provocações do atacante Richarlison, do Everton e da seleção brasileira.

Em entrevista à "ESPN" argentina, Di María criticou a postura do brasileiro, e pediu para avisarem Richarlison que a Copa América "já passou". A Argentina venceu o Brasil na final, no Maracanã, com gol do atleta do PSG.

"Tem que avisar para o Richarlison que já passou. Foi só um pouco... Não sei o que ele quer. Já respondemos ele, mas agora ele segue sozinho", disse Di María.

Mesmo assim, o argentino admitiu que houve brincadeiras com Neymar e Marquinhos, seus companheiros de PSG.

"Somos muitos, e os brasileiros apenas dois. Nós os deixamos bem loucos. O mesmo que fazemos no Instagram, fazemos no dia a dia. Ney deixa, ele gosta de brincar. Marquinhos fica mais bravo", completou.

Em relação ao jogo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 - que não foi realizado após interferência da Anvisa - Di María lamentou o episódio, e afirmou que "ninguém disse nada" à delegação argentina.

"Fomos ao campo. Ninguém nos disse nada. Tudo que aconteceu é muito estranho. Difícil de explicar. O pior é que passamos ridículo em todo o mundo. Voltamos à Europa e a única coisa que diziam é que foi uma vergonha. Que esperem que comece (o jogo) para suspendê-lo, que tenha uma pessoa com uma arma empurrando os jogadores. Parece algo mais político da parte deles", opinou.

Futebol