PUBLICIDADE
Topo

Athletico

Pai de António Oliveira apoia saída do Athletico e aponta 'cancro' no clube

António Oliveira deixa comando técnico do Athletico-PR - JOKA MADRUGA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
António Oliveira deixa comando técnico do Athletico-PR Imagem: JOKA MADRUGA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/09/2021 19h37

Pai de António Oliveira e ídolo no futebol português, Toni apoiou a saída do filho do Athletico-PR, hoje (9), após eliminação no Campeonato Paranaense.

Rebatendo um torcedor do Athletico em postagem de despedida do filho no Instagram, Toni afirmou que António deveria ter deixado o clube paranaense após a venda de Vitinho para o Dínamo de Kiev (UCR).

Além disso, o ídolo português afirmou que há um "cancro" no clube paranaense, atual nono colocado do Campeonato Brasileiro.

"Quando venderam o Vitinho, era nesse dia que o treinador devia ter saído, porque tiraram quem marcava gols e dava profundidade ao jogo do Athletico", iniciou Toni.

"Foi uma grande experiência num clube com grande história, mas com um cancro dentro do plantel que destrói o trabalho de um líder", completou o ex-jogador.

Athletico