PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Secretário-geral da Conmebol renuncia após suspensão de Brasil x Argentina

Agentes da Anvisa interrompem partida entre Brasil e Argentina - Alexandre Schneider/Getty Images
Agentes da Anvisa interrompem partida entre Brasil e Argentina Imagem: Alexandre Schneider/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/09/2021 17h03

Secretário-geral adjunto da Conmebol, Gonzalo Belloso renunciou ao cargo poucos dias após a suspensão do clássico entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Em suas redes sociais, a Conmebol anunciou a saída de Belloso e agradeceu por seus serviços. O motivo da renúncia, porém, não foi divulgado. Aos presidentes das associações nacionais, Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, citou motivos pessoais de Belloso para a saída e prometeu colocar um substituto.

"A Conmebol informa que o Sr. Gonzalo Belloso renunciou aos seus cargos na instituição e aproveita para expressar sua gratidão pelos anos de dedicação e trabalho frutífero em favor do futebol sul-americano", escreveu a entidade sul-americana em seu Twitter.

"Gonzalo soube impulsionar a equipe de trabalho com dinamismo e energia, tal como o fazia nos campos, na sua qualidade de jogador de futebol profissional. Da Conmebol, desejamos a você boa sorte em seus próximos empreendimentos. Adeus, Gonzalo!", completou.

Segundo o jornal argentino "Olé", Belloso era um "homem importante na estrutura do órgão que dirige o futebol na América do Sul, além de atuar como elo entre os times argentinos e a entidade".

Além disso, Belloso foi apontado com um dos responsáveis pela suspensão do jogo entre Brasil e Argentina, no último domingo, na Arena Corinthians, após ação da Anvisa.

Antes, ele participou das negociações para o Brasil sediar a última edição da Copa América.

Futebol