PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Excesso de gringos no São Paulo forçará Crespo a fazer cortes no elenco

Chegada de reforços veio acompanhada da necessidade de cortes para jogadores estrangeiros no São Paulo - Fellipe Lucena/São Paulo FC
Chegada de reforços veio acompanhada da necessidade de cortes para jogadores estrangeiros no São Paulo Imagem: Fellipe Lucena/São Paulo FC

Do UOL, em São Paulo

07/09/2021 04h00

Ao mesmo tempo em que ganhou dois reforços para o segundo semestre, o técnico Crespo também terá uma leve dor de cabeça para montar o grupo do São Paulo levado às partidas. Com oito estrangeiros, Benitez, Galeano, Orejuela, Rigoni, Rojas, Arboleda, Gabriel Neves e Calleri, o clube passa a ter três jogadores acima do lime permitido pela CBF.

Pelo regulamento do futebol brasileiro, o limite de estrangeiros para competições como Brasileirão e Copa do Brasil é de cinco jogadores. Dos oito, pelo menos três já saem na frente. O primeiro deles é Rigoni. O argentino é o principal nome do setor ofensivo na atualidade. A situação parecida é a do equatoriano Arboleda, titular na zaga, e do meia Benitez, considerado a melhor solução ofensiva para o meio-campo tricolor.

Os últimos dois gringos que desembarcaram no tricolor foram Gabriel Neves e Calleri. O volante uruguaio chega por empréstimo do Nacional-URU e ainda terá que mostrar serviço para ganhar uma vaga na equipe. Por outro lado, o atacante argentino retorna ao clube com moral. Calleri é desejo antigo da torcida para reforçar o poderio na frente do gol.

Para preencher a eventual última vaga, restam quatro jogadores. Além de Gabriel Neves, brigam o lateral colombiano Orejuela, o ponta equatoriano Rojas e o jovem atacante paraguaio Galeano.

São Paulo