PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Remendada, seleção espera encaminhar vaga na Copa do Mundo em 11 dias

Jogadores da seleção brasileira abraçados antes de jogo da Copa América, em julho. Agora o desafio é pelas Eliminatórias - Miguel Schincariol/Getty Images
Jogadores da seleção brasileira abraçados antes de jogo da Copa América, em julho. Agora o desafio é pelas Eliminatórias Imagem: Miguel Schincariol/Getty Images

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

30/08/2021 04h00

Classificação e Jogos

Um mês e 20 dias depois de ser vice-campeã da Copa América em decisão contra a Argentina, a seleção brasileira volta aos treinamentos hoje (30), às 16h, em São Paulo. Estão pela frente três jogos válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar no intervalo de apenas oito dias (11 contando viagens e treinos): contra o Chile nesta quinta-feira (2), às 22h, a Argentina (domingo, às 16h) e o Peru (dia 9, às 21h30).

O time comandado por Tite tem 100% de aproveitamento após seis jogos e já alcançou algo próximo de 70% dos pontos necessários para conquistar uma vaga no Mundial de 2022 em um terço dos jogos. A ideia para esta rodada tripla é encaminhar a classificação mesmo com o time remendado em razão do veto dos times do Campeonato Inglês a nove convocações.

A Inglaterra é o país que mais cedeu jogadores para a seleção desde a Copa da Rússia, com quase o dobro da Espanha —que está em segundo lugar no ranking segundo levantamento do UOL. O problema é que desta vez Tite precisou cortar Alisson, Ederson, Thiago Silva, Fred, Fabinho, Richarlison, Gabriel Jesus, Roberto Firmino e o estreante Raphinha faltando só três dias para o primeiro treinamento.

Foram chamados nove substitutos, sendo quatro que jamais haviam sido convocados para a seleção: Everson (Atlético-MG), Edenilson (Internacional), Gérson (Olympique de Marselha-FRA) e Matheus Nunes (Sporting-POR).

Paquetá - Lucas Figueiredo/CBF - Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Paquetá e Bruno Guimarães se apresentam ontem (29) ao hotel da seleção em São Paulo
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Completam a lista alguns rostos mais conhecidos: Santos (Athletico-PR), Miranda (São Paulo), Malcom (Zenit), Vini Jr (Real Madrid) e Hulk (Atlético-MG).

Entre os suplentes, mais um problema: o Sporting de Portugal decidiu não liberar Matheus Nunes porque ele não completou o esquema vacinal e teria de passar por quarentena quando voltasse ao país. Além disso, ele é alvo de interesse da seleção portuguesa para se naturalizar e tende a topar o convite para ter mais chances do que no Brasil. Mais um problema para Tite.

Tite - Lucas Figueiredo/CBF - Lucas Figueiredo/CBF
Tite convocou a seleção no dia 13 e "remendou" o elenco após vetos no dia 27
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do total de 77 convocações efetivadas por Tite no ciclo para o Qatar, 41 são estreantes, o que mostra um processo de renovação dos nomes.

Tite agora terá trabalho para montar o time titular com apenas três dias de treino. A base que disputou a Copa América está desfalcada de quatro a cinco jogadores e, somado a isso, ainda está o mau desempenho na reta final da competição que exigia a realização de mudanças. É este time remendado que colocará à prova a campanha perfeita do Brasil nas Eliminatórias, com vitórias nos seis jogos, 16 gols marcados e somente dois sofridos.

Não conquistamos o título da Copa América, mas tivemos 23 atletas que participaram de toda a competição, diversificamos dupla de ataque e modificamos estrutura básica ofensiva, por vezes colocando cinco atletas na zona ofensiva. O processo criativo e de construção de jogadas teve um problema de ajuste, oscilou em momentos importantes também pelas modificações, que eram nosso objetivo. A partir de agora, é restabelecer o rumo das nossas Eliminatórias, que tem média de 2,7 gols por jogo e solidez defensiva."
Tite durante a convocação, no dia 13

Se for levada em conta a pontuação média para classificação à Copa do Mundo via Eliminatórias no atual formato com 18 jogos (ou seja, sem considerar o ano de 2014, quando o Brasil não jogou por ser sede), são necessários 28,25 pontos para conseguir uma das quatro vagas. Ou seja, o Brasil já tem 63,7% dos pontos necessários para isso em apenas um terço (33%) dos jogos. É uma campanha histórica sob todos os pontos de vista, com o objetivo de terminar essa rodada tripla com 27 pontos que encaminhariam a vaga.

Os 24 jogadores convocados até o momento terminam de se apresentar entre hoje e amanhã (31), dias com treinos às 16h no CT do Corinthians. A atividade de 1º de setembro, às 10h30, define o time titular, e o grupo viaja de tarde para Santiago, no Chile. O primeiro jogo da série será na quinta-feira, às 22h, no Estádio Monumental de Santiago.

Veja a lista de jogadores à disposição de Tite:

Goleiros: Weverton, Santos e Everson
Laterais-direitos: Daniel Alves e Danilo
Laterais-esquerdos: Alex Sandro e Guilherme Arana
Zagueiros: Marquinhos, Éder Militão, Lucas Veríssimo e Miranda
Volantes: Casemiro, Bruno Guimarães, Edenilson e Gérson
Meias: Claudinho, Everton Ribeiro e Lucas Paquetá
Atacantes: Neymar, Matheus Cunha, Gabigol, Hulk, Malcom e Vini Jr

Seleção Brasileira