PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão Feminino A1 - 2021

Palmeiras bate o Inter e larga na frente na semi do Brasileiro feminino

Internacional e Palmeiras se enfrentaram pelo Brasileirão feminino no Beira-Rio - EVERTON SILVEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Internacional e Palmeiras se enfrentaram pelo Brasileirão feminino no Beira-Rio Imagem: EVERTON SILVEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

30/08/2021 21h59

Classificação e Jogos

O Palmeiras venceu o Inter no Beira-Rio e abriu vantagem na semifinal do Brasileiro feminino. Hoje (30), com um golaço de letra de Chú, a equipe paulista bateu as gaúchas por 1 a 0 e depende de um empate no jogo de volta para ir à final.

Não há saldo qualificado no regulamento da competição. Ou seja, o Palmeiras joga por qualquer vitória ou empate. Vitória do Inter por placar mínimo leva a decisão para os pênaltis. Se as Gurias Coloradas vencerem por dois ou mais de vantagem, decidem a competição.

O jogo de volta da semifinal está marcado para domingo (5), às 11h (de Brasília), em São Paulo.

Do outro lado da chave estão Corinthians e Ferroviária. No primeiro jogo, o Timão venceu por 3 a 1.

Foi bem: Chú faz golaço de letra

Chú entrou no segundo tempo, mas contribuiu muito. Após cruzamento, a jogadora do Palmeiras fez, de letra, um golaço.

Foi mal: Vivi erra em cruzamentos

A goleira do Inter falhou em alguns cruzamentos e mostrou insegurança em jogadas de ataque do Palmeiras.

Pia Sundhage no Beira-Rio

A técnica Pia Sundhage esteve no Beira-Rio acompanhando o jogo. Junto de Duda Luizelli, coordenadora de seleções brasileiras femininas, observou o duelo entre Inter e Palmeiras. Amanhã (31), ela fará convocação da seleção brasileira feminina para dois amistosos contra Argentina.

VAR anula pênalti para o Palmeiras

O VAR passou a ser utilizado nesta fase do Brasileirão feminino, e logo no início do jogo desta noite já foi importante. A árbitra Rejane Caetano da Silva marcou um pênalti para o Palmeiras, mas foi chamada ao vídeo. No lance, a volante Isa Haas, do Inter, foi afastar a bola para escanteio após um cruzamento e acabou acertando o braço de uma colega de time. Após revisão no monitor, a decisão foi alterada.

O jogo do Inter: Marcação alta, mas espaços na zaga

O Inter começou a partida no 4-4-2 com uma marcação muito agressiva. As jogadoras de lado de campo junto das atacantes pressionavam o trio de zagueiras do Palmeiras para tentar recuperar a bola no campo de ataque. Conseguiram algumas vezes e criaram boas chances. Fabi Simões bateu para fora de dentro da área. Djeni acertou a trave numa pancada. Mas, ao avançar as linhas, o Colorado assumiu riscos, e o Palmeiras conseguiu criar utilizando os espaços às costas das laterais.

O jogo do Palmeiras: Busca pela velocidade e contra-ataque

Com a pressão do Inter, o Palmeiras não conseguiu sair jogando como gostaria. Sem espaço para começar suas construções com passes curtos, a equipe paulista tratou de apostar em lançamentos longos para a velocidade de Carol Baiana e Maria Alves. E assim criou boas oportunidades. No primeiro tempo, além do pênalti anulado no VAR, ainda acertou a trave. No segundo tempo, o Verdão abriu mão das três zagueiras em busca de maior profundidade. E exatamente uma das jogadoras que entrou, Chú, marcou um golaço.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 X 1 PALMEIRAS

Data: 30/08/2021 (Segunda-feira)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitra: Rejane Caetano da Silva
Auxiliares: Lilian da Silva Fernandes Bruno e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sa
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira
Cartões amarelos: Camilinha, Ary (PAL); Rafa Travalão (INT)
Gols: Chú, do Palmeiras, aos 29 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL
Vivi; Leidi, Bruna Benítes, Sorriso e Ari; Djeni, Isa Haas (Mai), Mariana Pires (Thessa) e Shashá (Wendy); Fabi Simões (Milena) e Rafa Travalão.
Técnico: Maurício Salgado

PALMEIRAS
Jully; Agustina, Thaís e Tainara (Duda Santos); B. Calderan, Ary (Rafa Andrade), Julia Bianchi, Katrine e Camilinha (Chú); Carol Baiana e Maria Alves.
Técnico: Ricardo Belli