PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Luxemburgo culpa chuva forte por empate em jogo contra o CRB

Choveu forte na capital alagoana durante partida entre CRB e Cruzeiro - Francisco Cedrim/CRB
Choveu forte na capital alagoana durante partida entre CRB e Cruzeiro Imagem: Francisco Cedrim/CRB

Bruno Fernandes

Colaboração para o UOL, em Maceió

29/08/2021 18h52

Classificação e Jogos

O técnico Vanderlei Luxemburgo, do Cruzeiro, culpou a chuva e o campo encharcado pelo empate em 0 a 0 diante do CRB, na tarde de hoje (29), no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Para o treinador, a chuva que caiu na capital alagoana aliada à falta de drenagem não permitiu que a equipe desse continuidade às jogadas.

No confronto, as poças eram visíveis e complicaram a atuação dos jogadores durante a metade da primeira etapa pois a bola não chegava com velocidade ou parava em uma poça d'água. A deficiência na drenagem também impediu que o gramado se recuperasse ao longo do jogo, o que fez os times começarem a apostar em jogadas altas.

"Neutralizamos as melhores jogadas que eles tinham, e as melhores jogadas de bola parada. A chuva atrapalhou porque conseguimos neutralizar, mas não tinha como dar sequência. A chuva atrapalhou a nossa equipe assim como atrapalhou a deles também", declarou o treinador.

Essa não é a primeira vez que o sistema de drenagem do Estádio Rei Pelé é apontado como culpado por resultados indesejáveis pelos técnicos. Ainda na 13ª rodada da Série B, na partida entre CSA e Vasco, o gramado também chamou atenção pela dificuldade em drenar a água da chuva que caiu durante a partida.

Naquela ocasião, a Selaj (Secretaria do Estado de Esporte, Lazer e Juventude), que administra o estádio, emitiu uma nota e justificou o problema, mas afirmou que a drenagem, de fato, vem apresentando déficit de eficiência.

A Selaj informou ainda que a empresa responsável pelo tratamento do gramado realiza trabalho específico, mas que o calendário de jogos do Brasileiro não permite uma correção definitiva. A secretaria acrescentou que é preciso esperar o encerramento da temporada para solucionar o problema.

O UOL questionou a pasta estadual para saber se o problema de falta de drenagem enfrentado por CSA e Vasco tinha relação com os que enfrentaram as equipes de CRB e Cruzeiro na partida de hoje, mas a assessoria de comunicação não respondeu até a publicação dessa matéria.

Futebol