PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sob forte chuva, Cruzeiro e CRB terminam empatados em 0 a 0 pela Série B

Disputa de bola no jogo entre CRB e Cruzeiro pela Série B do Brasileirão - Francisco Cedrim
Disputa de bola no jogo entre CRB e Cruzeiro pela Série B do Brasileirão Imagem: Francisco Cedrim

Bruno Fernandes

Colaboração para o UOL, em Maceió

29/08/2021 17h56

CRB e Cruzeiro empataram em 0 a 0 na tarde de hoje (29), no Estádio Rei Pelé, em Maceió, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, o Galo cai uma posição e termina a rodada na terceira posição, agora com 37 pontos. A Raposa chegou a sua oitava partida sem perder e agora ocupa a 14ª posição na tabela.

Na próxima rodada, o Cruzeiro encara o Goiás, no estádio Serrinha, na terça-feira (7), às 21h30. Antes disso, no sábado (1), às 19h, o CRB viaja para duelar contra o Confiança, no Batistão, em Sergipe.

Chuva forte dificulta jogadas

O jogo começou movimentado com ambas as equipes atacando e contra-atacando. Apesar disso, a chuva forte que caiu na capital alagoana durante a metade da primeira etapa dificultou as jogadas pois a bola não chegava com velocidade ou parava em uma poça d'água. Com isso, os times começaram a apostar em jogadas altas dentro da área.

Choveu forte na capital alagoana durante partida entre CRB e Cruzeiro - Francisco Cedrim/CRB - Francisco Cedrim/CRB
Choveu forte na capital alagoana durante partida entre CRB e Cruzeiro
Imagem: Francisco Cedrim/CRB

Thiago compensa falta de Moreno

Mesmo sem poder contar com Marcelo Moreno, que teve de se apresentar à seleção boliviana, o Cruzeiro não sentiu falta do jogador, substituído por Thiago que fez uma boa dupla com Matheus Pereira nas jogadas de ataque principalmente iniciadas pelo lado esquerdo do campo. Apesar de ir bem, não conseguia finalizar as jogadas e acabou substituído por Rafael Sobis na segunda etapa.

CRB não encaixa finalizações

A equipe alagoana não conseguiu finalizar durante 40 minutos de jogo, enquanto a Raposa chutou no gol pelo menos três vezes, o CRB só finalizou em dois lances: aos 40 e aos 41, com Júnior Brandão e Renan Bressan respectivamente.

Auxiliares amarelados

Aos 31 minutos da primeira etapa, integrantes dos dois bancos de reservas se estranharam e começaram a discutir sobre as constantes paralisações no jogo feitas pelo árbitro Bruno Arleu de Araújo. Como consequência, os dois auxiliares foram punidos com cartões amarelos.

Falta para dar e vender

As reclamações dos bancos tiveram uma boa justificativa. Apenas durante o primeiro tempo, o árbitro Bruno Arleu de Araújo marcou 24 faltas. A falta de ritmo no jogo, que era interrompido a cada dois minutos em média, foi motivo inclusive de reclamações da narradora Natália Lara, do SporTV.

Diego Torres entra e incomoda defesa cruzeirense

Diego Torres entrou no lugar de Renan Bressan logo no começo da segunda etapa e a substituição mudou a cara do CRB. Com o argentino em campo, a equipe passou a ser mais incisiva e conseguiu ter mais chegadas ao ataque devido a constante movimentação do atacante, ao contrário do que estava fazendo Bressan.

Fábio mostra porque é o cara do Cruzeiro

A melhor chance do CRB na segunda etapa saiu dos pés de Alisson Farias após cobrança de escanteio na primeira trave. No lance, Romão cabeceou sozinho e obrigou o goleiro cruzeirense a fazer uma linda defesa com a bola batendo na trave e posteriormente sendo analisada pelo VAR.

Raposa muda de postura

O Cruzeiro praticamente mudou a postura que apresentou durante todo o primeiro tempo e desistiu de sair com a bola para o ataque após as constantes investidas do CRB contra o seu gol na segunda etapa. Uma das poucas chegadas no segundo tempo saiu apenas aos 28 minutos em jogada tabelada entre Wellington Nem e Sobis, mas o camisa 10 acabou sendo travado.

Chances no final

Ambas as equipes realizaram mudanças significativas em seus ataques ao longo do segundo tempo e mudaram drasticamente a postura de jogo vista durante todo o primeiro tempo. Mesmo com as equipes conseguindo finalizar mais, faltou pontaria para os jogadores. O último chute a gol da Raposa foi aos 47 minutos, com Marcinho cobrando escanteio curto para Matheus Pereira, que domina e finaliza firme, mas Diogo Silva afasta, enquanto o Galo só conseguiu atacar pela última vez ainda aos 35, com Adriano.

FICHA TÉCNICA:

CRB 0 x 0 CRUZEIRO

Motivo: 21ª rodada do Campeonato Brasileiro - Série B
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data e hora: 29/08/2021 (domingo), às 16h00 (horário de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo - RJ (FIFA)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique - RJ (FIFA) e Daniel Oliveira Alves - RJ (CBF)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda - RJ (CBF)
Cartões amarelos: Flávio (CRU), Marthã (CRB), Pablo Dyego (CRB)
Gols: não teve

CRB: Diego Silva, Reginaldo, Gum, Caetano, Marthã (Carlos Jatobá), Romão, Pablo Dyego, Jean Patrick (Wesley), Júnior Brandão (Emerson Negueba), Bressan (Diego Torres) e Jajá (Alisson Farias). Técnico: Allan Aal.

Cruzeiro: Fábio, Rômulo, Ramon, E. Brock, Matheus Pereira, Adriano Flávio (Marco Antônio), Giovanni (Claudinho), Wellington Nem (Marcinho), Bruno José (Felipe Augusto) e Thiago (Rafael Sobis). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Futebol