PUBLICIDADE
Topo

Manchester United

Jornal: CR7 no United teve telefonema de Ferguson e WhatsApp de ex-colegas

Cristiano Ronaldo posa ao lado de Alex Ferguson, que foi seu treinador no Manchester United - JACK TAYLOR / AFP
Cristiano Ronaldo posa ao lado de Alex Ferguson, que foi seu treinador no Manchester United Imagem: JACK TAYLOR / AFP

Do UOL, em São Paulo

28/08/2021 04h00

Parecia que tudo estava encaminhado para Cristiano Ronaldo se juntar ao Manchester City nesta temporada, mas uma reviravolta deu um novo (velho) rumo ao craque português. O Manchester United aplicou um "chapéu" no rival e anunciou ontem (27) a volta do atacante de 36 anos.

Mas o retorno de CR7 ao Old Trafford não se deu por acaso. A imprensa britânica revelou que os bastidores do acerto contaram com ajuda de Alex Ferguson e ex-colegas do jogador.

Pouco antes do anúncio oficial do United, o jornal Manchester Evening News informou que a proposta de contrato foi oferecida depois que o português conversou com Ferguson pelo telefone. Ele foi comandado pelo lendário treinador no United entre 2003 e 2009.

A conversa entre os dois teria acontecido pela manhã, pouco antes do Manchester City desistir da negociação. Vale lembrar que, em 2003, Ferguson foi o responsável pela contratação do craque.

Uma publicação da ESPN americana ainda acrescentou que mensagens de WhatsApp de ex-companheiros de Cristiano no United também ajudaram a evitar que o destino do português fosse o City.

"O Ferguson odiaria ver o Cristiano Ronaldo com a camisa do Manchester City, ele teria feito o mesmo. Assim como qualquer pessoa que ficou muito ligada ao clube", disse Rio Ferdinand em seu podcast, o "FiveUK".

Liguei para ele [Ronaldo] imediatamente: 'O que está acontecendo? Me diga que é mentira'

Não foi a primeira vez que o United tentou contratar Cristiano Ronaldo. Em 2013 e 2015, o jogador já havia sido especulado em um possível retorno.

Efeito CR7

Pouco depois de anunciar a volta do ídolo, o Manchester United sentiu os primeiros impactos. Em menos de 24 horas, o clube inglês teve um aumento de 1,1 milhão de seguidores no Instagram, com base em dados do "Social Blade", site especializado em rastreamento de estatísticas e análises de mídias sociais.

Por outro lado, no mesmo período, a Juventus teve uma queda de 35,3 mil seguidores após a saída de CR7. Vale destacar que Cristiano Ronaldo é a personalidade com o perfil mais seguido do Instagram, com 334 milhões de seguidores —ele só fica atrás da conta oficial da própria rede social.

Em outro "efeito Cristiano Ronaldo", o site oficial do Manchester United chegou a sair do ar por alguns instantes depois do anúncio da volta do craque.

De volta para casa

Cristiano Ronaldo retorna ao clube que o fez ser eleito como o melhor jogador do mundo pela primeira vez.

Contratado junto ao Sporting em 2003, quando tinha 18 anos, o atacante despontou para o cenário mundial com a camisa do United e, além de prêmios individuais, conquistou a Liga dos Campeões na temporada 07/08.

Primeira passagem de CR7 no United foi histórica, com 118 gols em 292 jogos - Matthew Peters/Manchester United via Getty Images - Matthew Peters/Manchester United via Getty Images
Primeira passagem de CR7 no United foi histórica, com 118 gols em 292 jogos
Imagem: Matthew Peters/Manchester United via Getty Images

Em 2009, tornou-se então dono da contratação mais cara da história do futebol ao assinar com o Real Madrid. O português ficou por quase uma década na Espanha antes de buscar um novo desafio na Juventus.

No futebol italiano, CR7 continuou brilhando e faturou cinco títulos com a camisa da Juve nas últimas três temporadas.

Agora, o astro tem o desafio de recolocar o estrelado United, de Pogba, Cavani, Bruno Fernandes e companhia, novamente entre as potências mundiais do futebol.

Manchester United