PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Roger Guedes se despede de time chinês: 'Decisão mais difícil da carreira'

Roger Guedes com a camisa do Shandong Taishan (antigo Shandong Luneng); atacante é alvo do Corinthians - Reprodução/Instagram
Roger Guedes com a camisa do Shandong Taishan (antigo Shandong Luneng); atacante é alvo do Corinthians Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

25/08/2021 11h42

Cada vez mais perto do Corinthians, o atacante Roger Guedes se despediu oficialmente do Shandong Taishan (antigo Shandong Luneng) na manhã de hoje com um longo agradecimento.

Livre no mercado da bola, o jogador de 24 anos disse que a decisão de deixar a equipe asiática foi a "mais difícil" de sua carreira - o contrato era válido até maio do ano que vem. Ele marcou 27 gols em 53 jogos na China.

"Infelizmente chegou a hora de dizer adeus, e neste momento de despedida estou tão arrasado quanto vocês. Deixar o Shandong Taishan foi a decisão mais difícil que já tomei na minha carreira, mas acreditem, a camisa laranja e o Taishan permanecerão no meu coração para sempre", iniciou Guedes.

Na sequência do texto, ele relembrou a adaptação vivida no país asiático e enalteceu tanto os agora ex-companheiros quanto os torcedores do Shandong.

"No verão de 2018, graças à preferência do clube, parti do Brasil para a China, um país que nunca conheci, e tive a sorte de fazer parte da equipe do Shandong Taishan e começar um novo capítulo da minha carreira profissional. Desde a minha adaptação no início até o aperto no peito nesses últimos dias, já passei por tanto e sou grato por tudo."

"Agradeço ao clube por ter me abraçado com compreensão e respeito sobre minha escolha quando optei por seguir em frente. Sou imensamente grato pela comissão técnica que me ajudou evoluir cada vez mais. Obrigado aos meus colegas por todo o apoio que me deram durante as partidas e por todas as assistências que fizeram para mim. Gostaria de atribuir a minha maior gratidão para os torcedores: vocês merecem todo o meu respeito e são as pessoas mais importantes desta passagem, e eu gostaria que continuassem me acompanhando e apoiando o Shandong, como sempre fizeram", escreveu.

Por fim, Guedes citou as conquistas na China e desejou sucesso ao clube. "Os três anos me deixaram tantas lembranças, e gravei o nome do Shandong Taishan no meu peito. Levantar a Copa da China em 2020 foi um dos momentos mais lindos na minha vida profissional, e desde então a glória do Laranjão ficou no meu coração iluminando o meu caminho. Deixo aqui os meus melhores cumprimentos para o Shandong Taishan e os torcedores, Taishan é campeão!".

Corinthians