PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mercado da bola: R$ 1 bilhão por Mbappé, e CR7 como opção no City

Mbappé comemora gol do PSG contra o Brest, pela terceira rodada do Campeonato Francês - REUTERS
Mbappé comemora gol do PSG contra o Brest, pela terceira rodada do Campeonato Francês Imagem: REUTERS

Do UOL, em São Paulo

24/08/2021 12h27

O mercado da bola contou com novos capítulos de duas estrelas do futebol mundial: Mbappé e Cristiano Ronaldo. O Real teria oferecido quase R$ 1 bilhão para contratar o atacante do PSG, enquanto CR7 vê a possibilidade de defender o Manchester City.

No futebol brasileiro, o principal nome do dia ainda é Willian, com futuro incerto na Inglaterra e monitorado pelo Corinthians. O UOL Esporte destaca as principais notícias do dia no mercado da bola.

R$ 1 bilhão por Mbappé

O grande nome do dia foi Mbappé. Segundo o jornal Marca, o Real Madrid fez a primeira oferta oficial para tirar o atacante do PSG. O valor seria de quase R$ 1 bilhão.

Apesar das cifras extravagantes, o jornalista Matteo Moretto, da Sky Sports, atualizou que a oferta já foi recusada.

CR7 no City? Só se Kane ficar no Tottenham

Segundo o jornal 'LÉquipe' e o jornalista Fabrizio Romano, Cristiano está decidido a sair da Juventus e pode encontrar lugar no Manchester City, caso os ingleses não fechem com Harry Kane.

CR7 estaria decidido a deixar a Itália e a falta de diálogo entre o Tottenham, atual clube de Harry Kane, e o City, pode ajudar o português. Apesar do desejo de Guardiola em ter Kane em seu time, as negociações não têm avançado muito. Cristiano Ronaldo e seus agentes, então, estariam conversando com o próprio Guardiola para facilitar a transferência.

Grêmio anuncia Campaz até 2025

O Grêmio anunciou oficialmente a contratação de Jaminton Campaz, meia-atacante contratado em negócio com o Deportes Tolima-COL. O colombiano está em Porto Alegre desde a semana passada, mas dependia de detalhes burocráticos para ser confirmado pelo clube gaúcho.

Aos 21 anos, Campaz assinou com o Grêmio até dezembro de 2025. O clube gaúcho desembolsou cerca de 4 milhões de dólares na operação.

Fla negocia venda de João Gomes

O Flamengo está próximo de selar a venda do volante João Gomes para o Al-Ain, dos Emirados Árabes. As conversas avançaram e o desfecho está perto. Os valores ainda estão sob sigilo entre as partes envolvidas.

Formado no Ninho do Urubu, Gomes ganhou sua primeira oportunidade com Domènec Torrent e caiu nas graças de Rogério Ceni. Na decisão do Carioca de 2021, o camisa 35 fez o gol que sacramentou o título sobre o Fluminense.

Mais um 'medalhão' no Corinthians?

O Corinthians sabe que a negociação envolvendo Willian e Arsenal é extremamente difícil, visto que a vontade da família do atleta é seguir na Europa, e os altos salários, pagos em libras esterlinas, são um entrave.

Mesmo assim, o clube paulista está monitorando a situação do jogador até o fim desta janela (31 de agosto) e não descarta fazer uma oferta ao brasileiro, que nunca escondeu o seu amor à equipe.

'Não' ao Palmeiras

O atacante Taty Castellanos, do New York City, negociou com o Palmeiras em abril, mas a transferência não foi concretizada. Ontem, o jogador argentino concedeu entrevista ao jornal Marca e destacou o impacto da pandemia de covid-19 no Brasil para tomar a sua decisão.

"Havia muitos rumores, uma oferta que era oficial, mas eu também tinha a cabeça definida aqui. Influenciou muito que os companheiros e o corpo técnico queriam que eu ficasse para continuar somando e conquistando coisas no futuro, para ter a oportunidade de ir a um lugar melhor. Tinha a ver com a questão da vida. Felizmente, nos Estados Unidos as coisas [envolvendo a covid-19] estão melhor. Deve-se pensar em si mesmo", disse.

Ex-São Paulo de mudança

Lyanco está a um passo da Premier League. O zagueiro brasileiro tem uma negociação muito bem encaminhada para trocar o Torino pelo Southampton. A assinatura do contrato válido até 2025 vai ser feita nas próximas horas.

Para garantir a contratação do jovem defensor, o clube inglês bateu a forte concorrência de Betis e Celta, da Espanha, e Atalanta, da Itália. O negócio foi fechado em aproximadamente 7,5 milhões de euros (R$ 46,8 milhões).

Futebol