PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Guarani arranca empate no 2º tempo e afasta Botafogo do G4 da Série B

Jogadores do Guarani comemoram gol de Andrigo contra o Botafogo, pela 19ª rodada da Série B - Diogo Reis/AGIF
Jogadores do Guarani comemoram gol de Andrigo contra o Botafogo, pela 19ª rodada da Série B Imagem: Diogo Reis/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/08/2021 20h54

Guarani e Botafogo empataram por 1 a 1 na noite de hoje (18), no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP, pela 19ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Rafael Navarro e Andrigo.

Com o resultado num confronto entre equipes que buscavam um lugar no G4, o Glorioso ficou na oitava colocação, com 29 pontos. O Bugre foi a 30 pontos, ultrapassou o Náutico e ocupa agora a sexta posição. O quarto colocado da competição hoje é o Goiás, com 31 pontos.

O time carioca ainda pode encerrar o primeiro turno no décimo lugar, se for ultrapassado por Vasco e Operário, que entram em campo às 21h30 (horário de Brasília) de hoje.

Pela próxima rodada, no início do segundo turno, o Bugre visita o Vitória no Barradão, às 16h30 (horário de Brasília) de sábado (21). No domingo (22), o Bota encara o Vila Nova no Engenhão, às 11h.

Guarani ataca mais no 1º tempo, mas Botafogo é eficiente

O primeiro tempo teve um Guarani com maior ímpeto ofensivo, chegando ao ataque mais vezes que o Alvinegro Carioca, mas levando perigo em poucas oportunidades. Se o Botafogo não avançou tanto, porém, em sua melhor oportunidade encontrou o gol com um contra-ataque rápido, que culminou na finalização de Rafael Navarro.

Gol encerra jejum do atacante

Rafael Navarro precisou brigar para abrir o placar: ao receber o passe em profundidade e invadir a área, o camisa 99 finalizou e Rafael Martins espalmou. No rebote, o botafoguense dominou, tirou da marcação com categoria e chutou mais uma vez para marcar.

A luta valeu a pena para o atacante, pois a bola na rede representou o fim de um jejum de Navarro, que havia marcado seu último gol em 6 de julho, na derrota para o CRB por 2 a 1, pela décima rodada.

Andrigo joga balde de água fria na equipe carioca

Logo no início da etapa final veio a decepção para os botafoguenses. Após cruzamento preciso de Diogo Mateus pela direita, aos 3 minutos, Andrigo apareceu sozinho e testou firme para empatar a partida no Brinco de Ouro da Princesa.

Botafogo reage, mas para nas mãos de Rafael Martins

Após o gol de Andrigo, a equipe de Enderson Moreira criou duas boas chances, mas parou na boa atuação de Rafael Martins. Primeiro, em cobrança de falta, Diego Gonçalves mandou no canto, mas o goleiro espalmou. Ele voltou a fazer uma ótima intervenção em lance de Rafael Moura, que recebeu sozinho na área e chutou firme —seu xará saiu bem e rebateu.

Toques na mão no primeiro gol

O gol que abriu o placar para o Botafogo poderia ser invalidado pela arbitragem se o VAR estivesse presente desde o início da Série B. Isso porque, após o rebote de Rafael Martins, a bola tocou duas vezes na mão esquerda de Navarro antes de o atacante ajeitar e finalizar para as redes.

No segundo turno, já a partir da próxima rodada, a arbitragem de vídeo passará a ser utilizada na competição.

Ficha técnica

Guarani 1 x 1 Botafogo

Local: Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP

Hora: 19h (horário de Brasília)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)

Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA)

Cartões amarelos: Lucão do Break, Ronaldo Alves , Bruno Silva, Tony e Diogo Mateus (Guarani); Hugo e Luís Oyama (Botafogo)

Cartões vermelhos: Nenhum

Gols: Rafael Navarro (Botafogo), aos 24 minutos do 1º tempo; Andrigo (Guarani), aos 3 minutos do 2º tempo

Guarani: Rafael Martins; Diogo Mateus, Carlão, Ronaldo Alves e Bidu; Bruno Silva e Tony (Pedro Acorsi); Bruno Sávio, Andrigo e Júlio César (Pablo); Lucão do Break (Maxwell). Técnico: Daniel Paulista.

Botafogo: Diego Loureiro; Daniel Borges, Kanu, Gilvan e Hugo; Luís Oyama, Barreto (Pedro Castro) e Chay (Ênio); Marco Antônio (Warley), Diego Gonçalves (Matheus Frizzo) e Rafael Navarro (Rafael Moura). Técnico: Enderson Moreira.

Futebol