PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Cano relembra comemoração com bandeira LGBTQIA+: 'Respeito é o principal'

Cano celebra gol do Vasco contra o Brusque, pela Série B do Brasileiro - NAYRA HALM/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
Cano celebra gol do Vasco contra o Brusque, pela Série B do Brasileiro Imagem: NAYRA HALM/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

16/08/2021 23h35Atualizada em 17/08/2021 07h14

Em participação ao vivo no Bem, Amigos de hoje (16), o atacante do Vasco Germán Cano relembrou a comemoração de gol empunhando a bandeira LGBTQIA+ em jogo contra o Brusque pela Série B, e aproveitou para pedir "respeito e igualdade de condição para todos".

"Essa comemoração aconteceu sozinha, eu não atuei nada. Aconteceu, eu fiz o gol, e a primeira coisa que pensei foi ir ao escanteio e levantar essa bandeira, porque hoje estamos passando por muitas coisas ruins. As pessoas são iguais, e temos que respeitar, e temos que ter igualdade de condição para todos, independente do que gostem e do que não gostem, se gostam de homem ou de mulher, tem que ser igual para todo mundo", contou o argentino.

"Respeito é o principal, e depois cada um pode fazer o que quiser em sua vida pessoal, não tem nenhum problema. Sem mortes, feminicídio, violações, um monte de coisas que acontecem no dia a dia, e eu tratei de comemorar assim porque é bonito para a humanidade, esse gesto é para toda essa gente que está passando por coisas ruins", seguiu o jogador.

No último dia 27 de junho, véspera do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, o Vasco recebeu o Brusque pela 7ª rodada da Série B, e fez uma campanha de apoio estampando sua camisa e as bandeiras de escanteio de São Januário com as cores do movimento.

Ainda no 1º tempo, Cano marcou o gol inaugural da partida e correu para o canto esquerdo do campo para erguer a bandeira com as cores da bandeira LGBTQIA+. Depois, o Brusque ainda empatou, mas Léo Matos marcou o segundo e garantiu o triunfo vascaíno.

UOL Esporte vê TV