PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco oscila com Lisca, mas aproveitamento do técnico aponta para o acesso

Lisca, técnico do Vasco - Thiago Ribeiro/AGIF
Lisca, técnico do Vasco Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

15/08/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Vasco dirigido por Lisca ainda não decolou na Série B do Campeonato Brasileiro e não ingressou no grupo dos clubes que se classificam à Série A, mas o índice obtido pelo treinador até aqui deve ser o suficiente para cumprir a meta de 2021.

Em cinco jogos na Série B, o treinador somou nove dos 15 pontos disputados, um aproveitamento de 60%. Nas projeções de Lisca, o Cruz-maltino, que tem 28 pontos, carimba a vaga se somar 36 dos 60 pontos ainda em disputa até o fim da competição. A meta representaria um índice de desempenho exatamente igual ao obtido pelo comandante até agora.

Antes de iniciar a caminhada no returno, a equipe ainda encara o jogo contra o Londrina e há correções importantes a fazer. A bola parada defensiva assombra a torcida vascaína, que também sofre com a carência de alternativas no elenco.

Na derrota por 2 a 1 para o Remo na sexta à noite, os vascaínos voltaram a mostrar a já conhecida inconsistência defensiva e o técnico não escondeu sua preocupação com o desempenho cheio de altos e baixos.

"Foi uma noite "não" em todos aspectos. Nos aspectos técnico, tático e mental. Entramos muitos desconcentrados, não estávamos com aquele mesmo clima de competitividade dos últimos três jogos. Nosso time precisa jogar 100% focado, com a corda esticada", disse Lisca, que completou:

"Consistência defensiva é muito importante, a gente deixou a desejar. Não estou conseguindo trabalhar a bola aérea, é muito difícil corrigir só mostrando e não podendo praticar. Temos de melhorar o nosso desempenho fora de casa. Nosso desempenho em casa é de G-4. Para almejarmos o acesso, temos de melhorar fora".

Sem outras frentes em disputa, o Vasco abre a regressiva de 20 partidas para terminar o ano com razões para festejar. Na quarta (18), o time recebe o Londrina, às 21h30, em São Januário, em busca de uma noite "sim" para treinador, jogadores e torcedores.

Vasco