PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sport e Bragantino abrem a rodada com empate sem gols na Ilha do Retiro

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/08/2021 20h54

Classificação e Jogos

O Sport teve mais chances no segundo tempo, mas não conseguiu superar a equipe alternativa do Red Bull Bragantino e ficou no 0 a 0 na noite desta sexta-feira (6). O resultado na Ilha do Retiro, pela 15ª rodada do Brasileirão, deixa o time do Bragança Paulista como o que mais empatou no torneio, ao lado de Ceará e Cuiabá, com sete resultados iguais. Para os pernambucanos, foi o sexto empate.

A partida abriu a rodada de forma muito movimentada, com chance para os dois lados. Após o ritmo baixar no fim do primeiro tempo, os mandantes voltaram melhor do vestiário e tiveram as melhores oportunidades. O ponto conquistado faz com que os dois times subam, provisoriamente, uma posição. O Rubro-Negro fica em 14º, com 15 pontos e o time paulista chega ao terceiro lugar, com 28.

O próximo compromisso do Leão da Ilha será diante do Flamengo no domingo (15), às 16h, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela 16ª rodada do Brasileirão. Também na rodada, o Massa Bruta recebe o Juventude em Bragança Paulista no sábado (14), às 17h. Contudo, antes disso, a equipe encara as quartas de final da Copa Sul-Americana contra o Rosário Central na Argentina.

Primeiro tempo dividido em dois

As duas equipes protagonizaram uma partida bem disputada na primeira etapa. Com poucas paralisações. Eric Ramires bateu à direita do gol logo aos seis minutos e Mikael deu a resposta aos dez. Cuello finalizou raspando o travessão aos 16. O troco veio após erro na saída de bola com Paulinho Moccelin, que obrigou Cleiton a espalmar para escanteio, aos 23.

Se o início do jogo foi bem movimentado, o número de chances caiu muito na segunda metade do primeiro tempo. O clube de Bragança ficava mais com a bola, porém a equipe da casa seguia marcando forte e oferecendo poucos espaços.

Segundo tempo dos mandantes

Depois do intervalo, o Sport voltou mais ligado na partida. A equipe passou a maior parte do campo de ataque e encontrou espaços para concluir em gol suas jogadas. Logo aos três, Sabino teve uma grande chance de cabeça.

A melhor oportunidade veio com Chico, que aproveitou a rebatida errada da zaga e finalizou cruzado de dentro da área. Caprichosamente, a bola parou na trave esquerda de Cleiton. O arqueiro salvou novamente o clube aos 26, defendendo chute de Gustavo Oliveira

Reservas não vão bem

Pensando na partida contra o Rosário Central nesta terça-feira (10), às 19h15, pela Copa Sul-Americana, o time paulista, dono da melhor campanha como visitante no Brasileirão, poupou seus principais jogadores. As peças que entraram mantiveram o padrão tático da equipe e conseguiram ter mais a bola e pressionar o adversário.

No entanto, ficaram devendo tecnicamente. As possibilidades criadas não foram muitas e o Sport conseguiu encaixar bem a marcação, evitando uma pressão maior.

Titulares são acionados

Vendo a superioridade dos mandantes após o intervalo, o Bragantino colocou em campo o meia Praxedes e o atacante Artur aos 28 minutos da segunda etapa. Anteriormente, Jadsom Silva já havia entrado na vaga de Ramires.

Mas, 10 minutos depois, ambos os treinadores proveram uma série de alterações — mais duas no Braga e quatro no Sport — e, com as trocas, a partida perdeu intensidade. Sem mudanças táticas, o jogo seguiu com o mesmo desenho e acabou com o empate.

Jogadores aprovam

Na saída da primeira etapa, Moccelin e Ramires foram os entrevistados do Premiere. Ambos os jogadores elogiaram o desempenho de suas equipes. "Estamos fazendo um grande jogo. Tivemos três oportunidades para sair na frente, mas temos que ter tranquilidade", disse o atacante rubro-negro. "A gente está fazendo um bom jogo. Estamos conseguindo atacar o adversário", comentou o meia do Braga.

Lembra dele?

O volante chileno Claudio Maldonado, que vestiu as camisas de São Paulo, Cruzeiro, Santos, Flamengo e Corinthians, foi o técnico do Bragantino. O jogador, que defendeu a seleção de seu país entre 2000 e 2010, é o auxiliar de Maurício Barbieri desde 2020, quando estavam no CSA. Com a suspensão do treinador, Maldonado assumiu o comando da equipe nesta partida.

Hernandes acompanha

Recém-contratado pelo Leão, o meia Hernandes assistiu a partida na Ilha do Retiro. Outro reforço do time, Everton Felipe, que também aguarda regularização na CBF, também estava vendo o duelo. Anteriormente, Maldonado já havia colocado Jadsom Silva na vaga de Ramires.

Ficha técnica

SPORT 0 x 0 BRAGANTINO
Data: 06/08/2021
Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife (PE);
Hora: 19h (de Brasília);
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ);
Auxiliares: Michael Correia (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ);
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Gustavo Oliveira, Paulinho Moccelin, Everaldo (SPO); Weverton (BRA)

Sport: Mailson; Hayner, Thyere, Sabino e Chico; Marcão, Zé Welison (Ronaldo Henrique) e Gustavo Oliveira (Thiago Neves); Paulinho Moccelin (Cristiano), Everaldo (Thiago Lopes) e Mikael (André). Técnico: Umberto Louzer.

Bragantino: Cleiton; Weverton (Hurtado), Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Weverson; Raul, Eric Ramires (Jadsom Silva) e Pedrinho (Praxedes); Helinho (Artur), Cuello (Leandrinho) e Alerrandro. Técnico: Maldonado.

Futebol