PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bastidor: Palmeiras liderou dirigentes contra liminar do STJD pró-Flamengo

Palmeiras redecora sede do clube com homenagem ao bi da Libertadores - Divulgação
Palmeiras redecora sede do clube com homenagem ao bi da Libertadores Imagem: Divulgação

Diego Iwata Lima

De São Paulo

05/08/2021 14h25

Classificação e Jogos

O levante contra a liminar do STJD, que liberou público nos jogos do Flamengo como mandante, se iniciou na Academia de Futebol, centro de treinamentos do Palmeiras, e na sede social do clube, na tarde da quarta-feira (4).

Inconformado com o parecer do órgão, Mauricio Galiotte, presidente do clube alviverde, fez contato com a CBF dando conta de seu posicionamento contrário e começou a articular internamente uma manifestação pública com membros de sua diretoria.

O mandatário palmeirense estava revoltado com a ruptura flamenguista quanto ao pacto estabelecido por todos os clubes da Série A no congresso técnico da entidade, realizado em 24 de março. Foi neste dia que os clubes chegaram ao consenso de não agirem individualmente para pleitear a volta do público aos estádios.

Galiotte então fez contato com as diretorias de outros clubes de São Paulo, dando conta de que o Palmeiras iria se manifestar publicamente sobre a questão. Os presidentes Duílio Monteiro (Corinthians), Júlio Casares (São Paulo) e Andres Rueda (Santos), concordaram com o posicionamento de Galiotte e decidiram que também iriam se manifestar.

Às 20h59, o Palmeiras publicou os dois tweets se manifestando. Pouco tempo depois, São Paulo e Santos também emitiram a mesma nota. O Corinthians fez uma pequena alteração no texto original, sem tocar em seu conteúdo. Red Bull Bragantino e Internacional também emitiram notas próprias por volta do mesmo horário.

No momento, o compasso é de espera, por conta do pedido da CBF ao STJD para reversão do parecer. Se a entidade convocar um novo congresso técnico, haverá abertura dos clubes para sua realização.

Durante as tratativas acerca da divulgação do comunicado, não houve qualquer menção à nascente Liga dos Clubes. Não é de hoje, no entanto que existe a percepção geral de que a postura individualista da atual diretoria do Flamengo seria o maior entrave para a criação da entidade.

Futebol