PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Athletico-PR segura empate com Atlético-GO e avança na Copa do Brasil

Do UOL, em São Paulo

04/08/2021 21h17

Depois de vencer no jogo de ida, em Curitiba, o Athletico-PR garantiu sua vaga para as quartas de final da Copa do Brasil ao empatar com o Atlético-GO pelo placar de 2 a 2. A partida aconteceu no estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

Agora o Furacão espera o sorteio que acontecerá na próxima sexta-feira (06), às 15 horas (de Brasília), em que serão definidos os confrontos de quartas de final da competição.

As duas equipes jogam pelo Campeonato Brasileiro no próximo fim de semana. O Athletico-PR recebe o São Paulo, no sábado (07), enquanto o Atlético-GO visita o Ceará, no domingo (08).

Quem foi bem: Christian

O volante fez o gol que abriu o placar e aumentou a vantagem dos visitantes, mas, além disso, ajudou muito na marcação e evitou que o Atlético-GO tivesse ritmo ofensivo, principalmente no primeiro tempo.

Quem foi mal: meio-campo do Atlético-GO

O setor de criação do Dragão não foi nada bem e foram raros os momentos em que o time da casa conseguiu se impor sobre o adversário. Os gols saíram mais pela insistência, já que Richard acertou o atacante Zé Roberto na área em um lance em que poderia ser facilmente evitado, e Éder aproveitou falha do goleiro Bento nos momentos finais do jogo.

Atuação do Atlético-GO

Eduardo Barroca não conseguiu achar um meio de furar a forte e inteligente marcação do adversário e o Atlético-GO passou boa parte do tempo insistindo do que construindo algo que desse algum efeito. O time melhorou um pouco na segunda etapa, porém os problemas ainda existiam, e o segundo gol do Athletico-PR, marcado por Renato Kayzer, dificultou uma reação maior do time goiano.

Atuação do Athletico-PR

A equipe do técnico António Oliveira soube jogar "com o manual embaixo dos braços". Como já tinha a vantagem construída na partida de ida, quando venceu por 2 a 1 em casa, o Furacão buscou neutralizar os pontos fortes do adversário e travar mais o jogo, fazendo o tempo passar. Além disso, aproveitou a oportunidade que teve no primeiro tempo para abrir o marcador e aumentar ainda mais a vantagem construída em Curitiba.

História do Jogo

Os donos da casa precisavam a todo custo de uma vitória e, por isso, buscaram ter a posse de bola no começo da partida. Enquanto isso, o Athletico-PR se postava bem no seu campo defensivo e oferecia poucos espaços para o Dragão. Mas a postura do time paranaense não era "inofensiva", já que fazia uma marcação alta e pressionava o jogador do Atlético-GO que estivesse com a bola.

Quando tudo indicava que os dois times iriam para os vestiários com o placar zerado, Nikão fez boa jogada com Renato Kayzer e achou Christian na entrada da área. O volante acertou chute preciso de primeira e abriu o marcador a favor do Athletico-PR.

Os mandantes tiveram que se arriscar mais na segunda etapa e aos 10 minutos veio o empate. O árbitro marcou pênalti de Richard em Zé Roberto, após consultar o VAR, e o próprio atacante do Atlético-GO foi para a cobrança, batendo cruzado enquanto o goleiro Bento foi para o outro canto.

Dez minutos depois foi a vez do Athletico-PR ter um pênalti ao seu favor. Nikão foi para a cobrança e Fernando Miguel defendeu, porém o VAR entrou em ação e com isso a cobrança foi repetida, já que o arqueiro tinha se adiantado. Desta vez quem cobrou foi Renato Kayzer, que chutou forte e colocou o Furacão de novo na frente.

Nos acréscimos, o zagueiro Éder ainda empatou a partida, após falha do goleiro Bento, porém não havia mais tempo para tentar uma nova reação.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 2 X 2 ATHLETICO-PR

Competição: jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil
Data: 04/08/2021
Hora: 19h15 (de Brasília)
Local: estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo (RJ) e Thiago Henrique Neto (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões amarelos: João Paulo, Arnaldo e Zé Roberto (Atlético-GO); Thiago Heleno, Nicolas e António Oliveira (Athletico-PR)
Gols: Christian, aos 44 minutos do primeiro tempo; Zé Roberto aos 10 minutos, Renato Kayzer aos 23 e Éder aos 51 minutos do segundo tempo

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu (Arnaldo), Oliveira, Éder e Natanael; Baralhas (Arthur Gomes), Willian Maranhão (André Lima) e João Paulo; André Luis (Toró), Zé Roberto e Janderson. Técnico: Eduardo Barroca

Athletico-PR: Bento; Marcinho (Khellven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas (Márcio Azevedo); Richard, Christian (Léo Cittadini) e David Terans (Zé Ivaldo); Nikão, Vitinho e Renato Kayzer (Carlos Eduardo). Técnico: António Oliveira

Futebol