PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Roger aprova atuação do Flu e rebate críticas: "quero comemorar um pouco"

Roger quer focar no Brasileirão antes de pensar em enfrentar o Barcelona-EQU - Jorge Rodrigues/AGIF
Roger quer focar no Brasileirão antes de pensar em enfrentar o Barcelona-EQU Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF

Do UOL, em São Paulo

03/08/2021 23h18

O técnico Roger Machado aprovou a maneira que o Fluminense encontrou para passar de fase na Copa Libertadores da América. Mesmo sem jogar um futebol vistoso na vitória por 1 a 0 sobre o Cerro Porteño, hoje (3), no Maracanã -e sofrer críticas por isso-, ele pensa que não é o momento de se cobrar espetáculo.

"Quem passa para essa fase não tem facilidade. Vencemos os dois confrontos. Não dá para imaginar que diante de um adversário nessa fase, a gente vai dominar sempre o jogo", comentou Roger. "Acho que fizemos um bom jogo e classificamos com mérito. Gostaria de comemorar um pouquinho e saborear essa passagem que é muito importante. Mas ainda preciso explicar como as coisas acontecem dentro de campo. Foi um jogo duro, e passamos com nossas virtudes."

Sem falar muito por causa da reação de uma vacina que tomou, Roger detalhou as dificuldades para o Fluminense chegar ao momento em que se encontra. Além de estar entre os oito melhores times da América, também está classificado para as quartas de final da Copa do Brasil.

"Acho que o nível de exigencia do futebol brasileiro é sempre alto. O torcedor quer que sempre vença e dê espetáculo, está no seu direito. A gente, que trabalha do lado de cá, sabe como é difícil estar em três frentes e competir em três frentes. Trabalho há 30 anos no futebol, e a avaliação definitiva do jogador é só depois que ele para. A avaliação do treinador é só depois que ele morre. Não tem nada de errado, é só como as coisas funcionam no nosso meio."

Roger, porém, não quis falar sobre o próximo adversário do Fluminense. Antes de pensar no Barcelona de Guayaquil, o treinador quer voltar as atenções no clube para a partida contra o América-MG, no próximo domingo (8), em Belo Horizonte (MG), pelo Campeonato Brasileiro.

"Todo material detalhado e avaliação do adversário já estão sendo preparados. O projeto é nosso jogo do final de semana no Brasileirão. Quero aproveitar para comemorar um pouco a classificação para as quartas de final. Se não vencermos no domingo, sabemos que as críticas voltam. Já sabemos que o Barcelona é um grande adversário. Assisti aos jogos e sei que joga muito bem com a bola no chão", resumiu.

Futebol