PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio faz acordo e rescinde contrato com goleiro Paulo Victor

Goleiro estava no Grêmio desde 2017 e tinha contrato até dezembro de 2022 - REUTERS/Diego Vara
Goleiro estava no Grêmio desde 2017 e tinha contrato até dezembro de 2022 Imagem: REUTERS/Diego Vara

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

03/08/2021 14h32

O Grêmio fechou hoje (3) acordo para a rescisão de Paulo Victor, goleiro que estava em Porto Alegre desde 2017. Afastado do time há quase dois meses, ele tinha contrato até dezembro do ano que vem e mantinha negociação para encerrar o vínculo há semanas.

Aos 34 anos, Paulo Victor aguarda ofertas para acertar com o novo clube. A preferência é por times de fora do Brasil.

A rescisão de Paulo Victor virou assunto no Grêmio ainda em junho, após o goleiro voltar a jogar e falhar em partida contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro. À época, a nova chance foi dada por Tiago Nunes, que viu Brenno virar desfalque por conta da seleção olímpica e depois em virtude da covid-19.

Nas redes sociais, o goleiro emitiu comunicado para agradecer ao Grêmio e aos dirigentes (confira nota oficial abaixo).

Contratado durante 2017 para ser o reserva imediato de Marcelo Grohe, Paulo Victor virou titular quando o ídolo deixou Porto Alegre para assinar com o Al-Ittihad. Logo no início da sequência no time, o ex-jogador do Flamengo brilhou na decisão do Gauchão de 2019 ao defender três pênaltis do Internacional. Mas ainda naquela temporada perdeu pontos.

Em 2020, o Grêmio contratou Vanderlei em negócio com o Santos e Paulo Victor virou reserva. Na final da Copa do Brasil, no entanto, Renato Gaúcho mudou o goleiro. A troca não deu certo e o jogador debaixo da baliza foi um dos mais criticados nos dois jogos diante do Palmeiras. Assim, a nova temporada começou com Brenno como titular.

Em fevereiro, o Grêmio chegou a liberar Paulo Victor para procurar novo clube. A saída esteve em vias de acontecer, em negociação com o Cerro Porteño, do Paraguai, mas acabou caindo por conta dos prazos de inscrição. Em Porto Alegre, o goleiro foi reintegrado por Tiago Nunes e recebeu chances ao longo da Copa do Brasil e início do Brasileirão.

Com a falha em Recife, foi sacado de novo e mais recentemente passou a treinar no turno inverso do time principal. Grêmio e o estafe do jogador tocaram, durante os últimos dias, os detalhes para a rescisão contratual.

Paulo Victor disputou 109 jogos pelo Grêmio e participou da conquista de oito títulos.

Confira comunicado de Paulo Victor

Muito obrigado, @Gremio! Realizei um sonho defendendo essa grande camisa do futebol mundial e conquistando oito títulos junto com esse grupo, especialmente a Libertadores que era um sonho meu. Agradeço o apoio dos meus companheiros, direção e comissão pela confiança diária. Gostaria de agradecer a torcida pelo carinho e apoio para que eu conseguisse exercer meu trabalho. Aqui pude alcançar excelentes números em minha carreira. Gostaria de fazer dois agradecimentos em especial, ao CEO do clube, Carlos Amodeo, que tem toda a minha admiração, e ao presidente Romildo que é uma pessoa de caráter ímpar na qual tem todo o meu respeito. Mais uma vez, obrigado @Gremio!

Futebol