PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Reinaldo e Landim assinam termo e assumem como interventores da CBF

Sede da Confederação Brasileira de Futebol, a CBF, no Rio de Janeiro (AP Photo/Silvia Izquierdo) -
Sede da Confederação Brasileira de Futebol, a CBF, no Rio de Janeiro (AP Photo/Silvia Izquierdo)

Igor Siqueira

Do UOL, no Rio de Janeiro

02/08/2021 14h22

Os presidentes do Flamengo, Rodolfo Landim, e da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, assinaram hoje (2) o termo no qual aceitam a função de interventores da CBF.

Os dirigentes firmaram o documento junto à Justiça do Rio e recebem como função conduzir a entidade rumo a uma revisão dos itens eleitorais do estatuto e a realização de nova eleição presidencial, já que o pleito que levou Rogério Caboclo ao poder, em 2018, foi anulado. Reinaldo e Landim, conforme a sentença em vigor, deverão escolher um entre os oito vice-presidentes que formaram a chapa com Caboclo para conduzir a entidade até o fim do processo eleitoral.

Além do Coronel Nunes, que exerce a presidência no lugar do afastado Rogério Caboclo — em decorrência da denúncia de assédio moral e sexual —, os atuais vices da CBF são Fernando Sarney, Gustavo Feijó, Marcus Vicente, Francisco Noveletto, Ednaldo Rodrigues, Castellar Guimarães e Antonio Aquino Lopes.

Ainda segundo a Justiça, o novo presidente deve ser eleito em até 60 dias. Serão 30 dias para reunir clubes e federações em assembleia para revisar o estatuto e mais 30 dias para convocar a eleição.

Para Landim e Reinaldo, a condição para a resposta positiva à missão de intervir na CBF é não poder participar da eleição a qual eles terão que organizar.

Na sexta-feira, a CBF entrou com recurso para derrubar a decisão da Justiça do Rio, que é em primeira instância e desencadeou todo esse cenário. A entidade tenta um efeito suspenso, que já está impetrado no Tribunal de Justiça.

Ação inicial é de 2017 e foi aberta pelo Ministério Público do Rio (MP-RJ) porque a reforma estatutária foi feita em uma assembleia da qual só participaram as 27 federações estaduais. A Justiça determinou agora que os 20 clubes deveriam deliberar também. Em 2017, os votos das federações passaram a ter peso três nas eleições da CBF. Clubes da Série A, peso dois. Os da Série B passaram a integrar o colégio eleitoral, com peso unitário.

Na véspera de assinar o aceite como interventor, Reinaldo Carneiro Bastos participou de um almoço no Jockey Clube do Rio ao lado de diretores da CBF, presidentes de federação e da maioria dos vices. O almoço foi a convite da gestão atual da CBF.

Despacho no processo

Ficam as partes, seus patronos e eventuais interessados intimados de que foram lavrados os termos de compromisso dos interventores nomeados por este juízo nesta data, e, nos termos da r. decisão proferida à fl. 743, os mesmos serão acompanhados por Oficial de Justiça à sede da CBF para a devida apresentação e início dos trabalhos. Rio de Janeiro, 02 de agosto de 2021 Luciane Saintive Barbosa - Chefe de Serventia - mat. 01/17434

Futebol