PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bahia completa 450 minutos sem marcar gol e cinco jogos sem vencer

O último gol marcado foi contra o Juventude, pela 10ª rodada do Brasileirão - Dinho Zanotto/AGIF
O último gol marcado foi contra o Juventude, pela 10ª rodada do Brasileirão Imagem: Dinho Zanotto/AGIF

Bruno Fernandes

Colaboração para o UOL, em Maceió

02/08/2021 04h00

Classificação e Jogos

A derrota para o Sport por 1 a 0 na noite de ontem (1º) não marcou só o adiamento do sonho do Bahia de encostar de vez no G6 da tabela do Brasileirão, mas também a marca de 450 minutos sem marcar um gol sequer se levar em consideração a Copa do Brasil e o próprio campeonato nacional.

A última vez que a equipe conseguiu marcar um gol foi contra o Juventude, ainda na décima rodada do Brasileirão, quando venceu os adversários pelo simplório placar de 1 a 0, no Pituaçu. Pela Copa do Brasil, no primeiro jogo das quartas de final, a equipe perdeu por 2 a 0 para o Atlético-MG.

Nos últimos cinco jogos, sofreu 12 gols, representando uma média de um gol sofrido a cada 5,6 chutes. Além do jejum de gols, a equipe chegou a sua quinta derrota consecutiva, pior sequência do clube desde dezembro de 2020.

Na partida contra o Sport, nem mesmo a volta de Rodriguinho, um dos principais nomes do elenco e que retomou a vaga no time principal no lugar de Jonas surtiu efeito.

Sobre a fase em que a equipe se encontra, o técnico Dado Cavalcanti afirmou, durante entrevista coletiva após a partida contra o Leão da Ilha ser um momento difícil, mas que agora não é o momento de pensar nos problemas e sim nas soluções.

"É um momento difícil, é um momento de instabilidade é um momento que a gente sabe e respeita a dificuldade total, mas é um momento de focar no próximo desafio, no próximo jogo e entender que a próxima partida é sempre uma oportunidade para fazer algo diferente, algo melhor e teremos um jogo de copa do Brasil, de decisão. É hora de focar nas soluções e não nos problemas", afirmou.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Bahia encara o Cuiabá, sábado (7), às 21h00h, na Arena Pantanal. Antes disso, o Esquadrão de Aço encara o Atlético-MG pelo jogo de volta da Copa do Brasil, na quarta-feira (4), às 21h30, no estádio Joia da Princesa.

Futebol