PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Jogos do São Paulo no Brasileirão tiveram sete ações do VAR; veja os lances

Luiz Flávio de Oliveira anula gol do São Paulo contra o Palmeiras pelo Brasileirão - Marcello Zambrana/AGIF
Luiz Flávio de Oliveira anula gol do São Paulo contra o Palmeiras pelo Brasileirão Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

01/08/2021 04h00

Classificação e Jogos

"O VAR foi utilizado sete vezes em jogos do são Paulo, seis vezes contra o são Paulo. Algumas acertadas, outras absurdas como as de hoje".

A declaração de Carlos Belmonte, diretor de futebol do São Paulo, depois do empate com o Palmeiras, ontem (31), pelo Brasileirão, surgiu após dois lances de interferência do VAR na partida. Com o auxílio do árbitro de vídeo, Luiz Flávio de Oliveira voltou atrás em duas decisões e anulou um pênalti em Marquinhos e um gol do São Paulo.

Os sete lances citados por Belmonte aconteceram em seis partidas: contra Palmeiras, Flamengo, Fortaleza, Inter, Chapecoense e Atlético-GO. Ao todo, foram três gols anulados (um deles em decisão favorável ao São Paulo), três pênaltis não marcados e uma expulsão.

O incômodo com a atuação do VAR em suas partidas fez com que a diretoria prometesse entrar com uma representação na CBF contra os responsáveis pela arbitragem do jogo com o Palmeiras. "É muito ruim quando o trabalho feito em campo se perde por causa do VAR. Resultado final? VAR 2 x 0 São Paulo", prosseguiu Belmonte.

Confira os lances envolvendo o VAR nos jogos do São Paulo no Brasileirão:

São Paulo x Palmeiras - gol anulado

O lance de maior polêmica no clássico aconteceu aos 43 minutos do segundo tempo. O árbitro entendeu que Miranda, em posição irregular, interferiu no lance que acabou no gol contra de Gustavo Gomez. Depois de seis minutos, o gol foi anulado.

São Paulo x Palmeiras - pênalti anulado

Marquinhos caiu depois de uma disputa com Gustavo Gomez, dentro da área. Inicialmente, a arbitragem viu pênalti do palmeirense. Depois de conferir o lance no monitor do VAR, Luiz Flávio de Oliveira voltou atrás da decisão e mandou o jogo seguir.

Inter x São Paulo - gol anulado

Ainda no primeiro tempo, Rigoni apareceu atrás da defesa do Inter para receber lançamento de Daniel Alves. O argentino dominou e chutou para balançar as redes para o São Paulo. O lance, no entanto, acabou sendo anulado depois da checagem do VAR, que constatou impedimento de Rigoni.

Flamengo x São Paulo - gol anulado

A única mudança de decisão da arbitragem depois de consulta ao VAR favorável ao São Paulo aconteceu na partida contra o Flamengo. Bruno Henrique balançou as redes, mas a checagem mostrou que o flamenguista dominou a bola com o braço.

Lance VAR Bruno Henrique Flamengo x São Paulo - Reprodução/Premiere - Reprodução/Premiere
Imagem: Reprodução/Premiere

São Paulo x Fortaleza - pênalti anulado

No jogo contra os cearenses, o árbitro entendeu que o defensor do Fortaleza havia cortado o cruzamento de Gabriel Sara com o braço, e marcou o pênalti. Ao conferir o VAR, ele entendeu que o braço estava junto ao corpo, mandando a partida ser reiniciada com bola ao chão.

Lance VAR São Paulo x Fortaleza - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

São Paulo x Chapecoense - expulsão

O São Paulo vencia a partida contra a Chapecoense quando Rodrigo Nestor levantou a perna para disputar a bola com Léo Gomes. Inicialmente, a arbitragem mostrou cartão amarelo para o são-paulino. Depois de consultar o VAR, no entanto, optou pelo cartão vermelho.

Atlético-GO x São Paulo

O São Paulo já perdia por 2 a 0 quando a bola sobrou para Luciano dentro da área. Ao tentar o chute, o atacante caiu no chão, fazendo com que o árbitro marcasse o pênalti. Depois de consultar o VAR, no entanto, ele entendeu que o defensor do Atlético-GO tira a bola antes do choque com Luciano. Assim, o pênalti foi anulado.

São Paulo