PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians põe eficiência defensiva com Sylvinho à prova contra o Flamengo

Linha de defesa do Corinthians é uma das cinco melhores do Brasileirão  - Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
Linha de defesa do Corinthians é uma das cinco melhores do Brasileirão Imagem: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

01/08/2021 04h00

Classificação e Jogos

Em pouco mais de dois meses de trabalho, a marca do técnico Sylvinho no Corinthians é a eficiência do sistema defensivo com uma média de 0,87 gols sofridos por jogo. Hoje (1), às 16h (horário de Brasília), os números apresentados pelo trabalho do treinador serão colocados à prova. Na Neo Química Arena, o Timão recebe o Flamengo pela 14ª rodada do Brasileiro.

Sob o comando de Renato Gaúcho, o Rubro-negro deslanchou a fazer gols em seus últimos quatro compromissos na temporada. Ao todo, 20 bolas nas redes adversárias em 360 minutos e a conquista de uma média impressionante de 5 gols por jogo. Por isso, pelos lados do Corinthians, o clássico é visto como um enorme desafio em Itaquera.

A defesa corintiana, montada com Cássio, Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos, já chegou a ser a menos vazada do Brasileirão. No entanto, em seguidos lances de desatenção no segundo tempo em jogos contra o Red Bull Bragantino, Fluminense, Atlético-MG e Cuiabá, o Alvinegro perdeu o posto. Mesmo neste cenário, ainda figura entre os cinco melhores da Série A.

Na tática adotada por Sylvinho para o duelo diante do Flamengo, não tomar gols é a grande prioridade da equipe alvinegra. A ideia é montar um time compacto com capacidade para atacar em velocidade pelos lados do campo. A comissão técnica entende que, no aspecto defensivo, a equipe está madura e pronta para enfrentar os principais ataques do futebol brasileiro.

O jogo marca o último da equipe neste Campeonato Brasileiro sem a presença dos recém-contratados Giuliano e Renato Augusto. O Corinthians tem planos de disputar a Copa Libertadores do ano que vem e, para isso, entende que precisa montar um time mais competitivo. Internamente, um triunfo nesta tarde seria encarado como um sinal de um bom caminho da comissão técnica.

Corinthians