PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corintianos protestam no Parque São Jorge e chamam cartolas de manipulados

Protesto do Movimento Salve o Corinthians faz críticas aos atuais gestores do Timão  - Leonor Macedo
Protesto do Movimento Salve o Corinthians faz críticas aos atuais gestores do Timão Imagem: Leonor Macedo

Do UOL, em São Paulo

31/07/2021 14h42

Classificação e Jogos

O sábado foi agitado no Parque São Jorge. Logo pela manhã, integrantes do Movimento Salve o Corinthians — grupo que possui o apoio de todas as torcidas organizadas do clube — fizeram um protesto focado em membros da atual gestão, como o presidente Duilio Monteiro Alves e o diretor de futebol Roberto de Andrade, e também a outros aliados do ex-presidente Andrés Sanchez.

No protesto, o Movimento focou nas críticas a André Luiz de Oliviera, o André Negão; Manoel Ramos Evangelista, o Mané da Carne; e Jacinto Antonio Ribeiro, o Jaça. Todos conselheiros do clube, ligados ao grupo Renovação e Transparência, encabeçado por Andrés Sanchez, e com bastante influência nos bastidores do Corinthians. Alexandre Husni, atual presidente do Conselho Deliberativo do Corinthians, também foi representado nos protestos.

O grupo também levou uma série de faixas, cartazes e papelões representando caixões com os nomes de André Negão e Jaça. Além das críticas aos nomes que ocupam cargos importantes no Corinthians ou poder com os gestores, a torcida pediu direito a voto ao Fiel Torcedor nas eleições presidenciais, transparência sobre as dívidas do Alvinegro e a reestruturação do departamento de formação de atletas.

Os protestantes ocuparam a entrada do clube social do início da manhã até as primeiras horas da tarde e depois se dispersaram. Não houve qualquer tipo de incidente durante a manifestação dos corintianos.

Corinthians