PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Atlético-MG tem julho quase perfeito e fecha mês com 85% de aproveitamento

Galo mostrou força no mês de julho, já que em nove jogos venceu sete e empatou apenas dois - Pedro Souza/Atlético-MG
Galo mostrou força no mês de julho, já que em nove jogos venceu sete e empatou apenas dois Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

29/07/2021 00h17

Classificação e Jogos

O Atlético-MG deu passo importante para avançar de fase na Copa do Brasil ao vencer o Bahia por 2 a 0, hoje (28), na partida de ida das oitavas de final do mata-mata. O triunfo em cima dos baianos no Mineirão fechou com chave de ouro o mês de julho do Galo, que em nove jogos venceu sete e empatou dois, tendo uma classificação na Copa Libertadores [em cima do Boca Juniors] neste período.

Não fossem os dois empates, que no fim acabaram com sabor de vitória, pois garantiram o Galo nas quartas de final da Libertadores [venceu o Boca nos pênaltis, no Mineirão], o mês de julho seria perfeito do ponto de vista das vitórias. Mesmo assim, o time de Cuca obteve 85% de aproveitamento.

"Está muito bom, está ótimo. Foram nove jogos que jogamos, ganhamos sete, empatamos dois, jogos duríssimos com Flamengo, Corinthians, Boca [Juniors, da Argentina], Bahia duas vezes. Jogar com o adversário duas vezes em três, quatro dias é muito complicado. Por que tanto você quanto o adversário têm tempo o bastante para entender, usar as armas", destacou Cuca, antes de analisar a vitória em cima do time de Salvador.

"Hoje (quarta-feira, 28 de julho) foi um jogo complicado nesse aspecto, porque o Bahia fechou bem, uma linha de cinco, outra de quatro e o Gilberto à frente. E marcavam bem atrás para explorar o contra-ataque. Você não tem outra alternativa a não ser ficar com a bola no campo de ataque, igual ficamos grande parte do jogo, ter paciência para tocar bola, esperar um buraco, uma diagonal, uma tabela para ter uma oportunidade, porque é um espaço muito pequeno que se tem para jogar. A bola longa praticamente inexiste e você tem que fazer com que a equipe rode, mesmo sem opção de referência, como nós não temos, encontramos espaço dentro do jogo que nos propiciaram encontrar as oportunidades e vencer, o que é mais importante", comentou.

Nos nove jogos disputados em julho o Atlético-MG fez cinco vezes mais gols do que sofreu, e só foi vazado em três desses compromissos. Nos dois jogos consecutivos contra o Bahia, na semana passada e nesta quarta-feira, Everson passou ileso, mas trabalhando bastante.

"Neste mês tomamos três gols, fizemos 15 se não me engano. O pessoal está de parabéns, tem rodado. Nesse mês eu usei 26 jogadores, acho que com o Neto foram 27 jogadores. Deu para rodar e muito o plantel. Até por isso, temos um índice de lesão bem baixo, porque temos rodados bastante. Eu até demorei um pouco a mais a mexer, porque senti que os caras estavam bem no jogo e poderíamos, com uma mexida, desarticular alguma coisa. E não era necessário, tínhamos uma vantagem de 2 a 0, o que era importante para o jogo da volta. É uma vantagem que não se pode sentar em cima dela, porque tem muito jogo. O Bahia é um bom time, quem falar que não é, está enganado. É uma boa equipe, muito organizada, tem jogadores velozes, tem bola parada boa, nós vamos ter trabalho quarta-feira que vem lá", completou o treinador.

As atenções do Galo agora se voltam novamente para o Brasileirão. O próximo compromisso atleticano será contra o xará paranaense, o Athletico-PR, neste domingo (1º), às 16h, no Mineirão. O Alvinegro é o vice-líder da competição e segue na luta para se aproximar do líder Palmeiras.

Sequência do Galo em julho

01/07 - Atlético-MG 4x1 Atlético-GO [Brasileiro]
04/07 - Cuiabá 0x1 Atlético-MG - [Brasileiro]
07/07 - Atlético-MG 2x1 Flamengo - [Brasileiro]
10/07 - América 0x1 Atlético-MG - [Brasileiro]
13/07 - Boca Juniors 0x0 Atlético-MG - [Libertadores]
17/07 - Corinthians 1x2 Atlético-MG - [Brasileiro]
20/07 - Atlético-MG (3) 0x0 (1) Boca Juniors - [Libertadores]
25/07 - Atlético-MG 3x0 Bahia - [Brasileiro]
28/07 - Atlético-MG 2x0 Bahia - [Copa do Brasil]

Atlético-MG