PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Diretoria cria comissão para garantir torcida já no Atlético-MG x River

Torcida do Atlético-MG no Mineirão - Bruno Cantini/Atlético-MG
Torcida do Atlético-MG no Mineirão Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

28/07/2021 20h00

Classificação e Jogos

Após a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) autorizar o retorno gradual de torcedores aos estádios da capital mineira, a diretoria do Atlético-MG criou uma comissão especial interna no clube para tratar exclusivamente da volta dos atleticanos ao Mineirão. A intenção da cúpula alvinegra e conseguir liberar presença nas arquibancadas do Gigante da Pampulha já contra o River Plate (ARG), no jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores da América, em 18 de agosto.

Para que isso aconteça, os dirigentes do Galo, capitaneados pelo presidente Sérgio Coelho, estudam e trabalham para que todas as regras contidas no protocolo sanitário da PBH, e as normas da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) sejam cumpridas com rigor.

A diretoria do Galo, segundo nota emitida na noite desta quarta-feira (28), busca parceria com redes laboratoriais para garantir a conformidade das apresentações dos testes de covid-19, exigidos pelas autoridades.

Liberação da PBH

Na tarde de ontem, uma reunião entre dirigentes dos principais clubes de Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil e integrantes da Secretaria Municipal de Saúde confirmaram que a cidade passaria a autorizar 30% de público em eventos esportivos nos estádios. Isso, desde que respeitado um protocolo sanitário.

A decisão da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) acarretará inicialmente benefício apenas ao Atlético-MG, já que a possibilidade do retorno de público em jogos vale, até aqui, para a Copa Libertadores, torneio chancelado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não liberou que jogos de torneios realizados pela entidade voltem a receber público.

Belo Horizonte é a segunda capital brasileira a autorizar o retorno parcial de público aos estádios. A primeira foi Brasília, que, inclusive, sediou o confronto do Flamengo contra os argentinos do Defensa Y Justicia, para mais de cinco mil pessoas, na quarta-feira passada (21).

Veja a nota do Atlético-MG na íntegra

O Clube Atlético Mineiro informa que sua diretoria reuniu-se hoje à tarde para tratar exclusivamente da volta dos torcedores aos jogos do Clube, nos termos do protocolo definido pela PBH (Prefeitura de Belo Horizonte).

Foi montada uma comissão para cuidar especificamente do tema, cujo objetivo será o de fazer o planejamento da volta do torcedor ao estádio já para o jogo do dia 18 de agosto, pela Copa Libertadores, contra o River Plate, no Mineirão.

Por determinação do presidente Sérgio Coelho, o Clube não medirá esforços para que essa operação seja feita da forma mais exemplar possível.

Para isso, a diretoria assumiu a responsabilidade de negociar diretamente com as principais redes laboratoriais da cidade, para evitar fraudes nos testes, e também para que se ofereça a melhor solução de atendimento e preço para os cerca de 16 mil torcedores que poderão ir ao estádio (30% da capacidade do Mineirão, que é de 54 mil pessoas).

Nos próximos dias, a comissão vai definir o valor dos ingressos e a logística de venda (que será 100% digital) e da testagem.

A despeito da restrição quanto ao número de torcedores, o Clube definiu que os sócios-torcedores terão prerrogativa na compra dos ingressos e que os descontos estabelecidos nos seus planos serão respeitados.

Atlético-MG