PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter tenta permanência, mas proposta do Al-Shabab agrada Edenilson

Clube gaúcho procurou jogador após oferta árabe e tenta garantir permanência - Ricardo Duarte/Inter
Clube gaúcho procurou jogador após oferta árabe e tenta garantir permanência Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha e Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

26/07/2021 11h39

A situação de Edenilson no Internacional segue indefinida. Depois de receber oferta do Al-Shabab, revelada pelo UOL Esporte, o meia foi procurado pelos dirigentes gaúchos e ouviu que há interesse na permanência dele em Porto Alegre. Por outro lado, a oferta do clube da Arábia Saudita agrada ao camisa 8 pelos valores e projeto.

Aos 31 anos, Edenilson está no estádio Beira-Rio desde 2017. O atual contrato vai até o final de 2023 e tem multa rescisória de cerca de 3 milhões de dólares (R$ 15,5 milhões na cotação atual). A oferta do Al-Shabab foi abaixo da cláusula de saída.

O Inter atua em duas frentes no cenário. Primeiro, mantém contato com Edenilson e se mostra empenhado em manter o jogador, considerado um dos líderes do elenco.

Em paralelo, o clube se posiciona com a ideia de que não topa acordo por valor inferior ao da multa rescisória presente em contrato.

Nos últimos dias a investida árabe não teve novidades. Os representantes do Al-Shabab ouviram a posição do Inter e ainda não se manifestaram sobre uma possível nova oferta, com aumento no valor da proposta.

Por outro lado, o Internacional passou a conversar com Edenilson sobre uma renegociação em termos do vínculo atual. Sem tratar de ampliar o tempo de contrato, mas com antecipação de gatilhos previstos no acordo.

Mas um fator tem sido citado nos bastidores e é visto como grande empecilho para permanência. Edenilson concluiu que seu ciclo no Inter chegou ao fim. Após a partida contra o Olimpia, familiares sofreram ameaças e xingamentos em redes sociais. O atleta acredita que um novo destino poderia ser o melhor no momento.

Edenilson participou de 33 dos 38 jogos no Inter na atual temporada. Ele é o vice-artilheiro do time, com 10 gols marcados (um a menos que Thiago Galhardo, goleador da equipe).

O Internacional volta a campo diante do Cuiabá, no sábado (31), no estádio Beira-Rio. Até lá, o plano é resolver a situação envolvendo o futuro de Edenilson.

Futebol