PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Debandada de jogadores preocupa Louzer na continuidade do Brasileirão

Humberto Louzer tem dificuldade em repor peças do elenco - Marcio Cunha/Chapecoense
Humberto Louzer tem dificuldade em repor peças do elenco Imagem: Marcio Cunha/Chapecoense

Bruno Fernandes

Colaboração para o UOL, em Maceió

26/07/2021 11h00

Classificação e Jogos

O técnico Humberto Louzer se mostrou preocupado com a falta de opções para suprir as ausências de jogadores que deixaram a equipe do Sport ao longo das últimas semanas. A afirmação foi dada durante entrevista coletiva após o empate com o Ceará, em 0 a 0 na Ilha do Retiro, no domingo (25), pela 13ª rodada do Brasileirão.

"Estamos conversando diariamente com a direção sobre um atleta para a posição [lateral-esquerdo].Todo mundo sabe que perdemos vários atletas nessas últimas semanas e um campeonato longo como a Série A, 38 rodadas exige um elenco maior", disso o treinador.

A equipe vive uma crise na Ilha do Retiro, principalmente em relação aos salários dos jogadores que chegaram a ficar atrasados e que aos poucos estão sendo enxugados pela nova gestão. A folha salarial mensal da equipe atualmente é estimada em R$ 2 milhões.

O maior exemplo da atual situação é a incerteza em relação ao futuro do elenco. Até a última semana, a permanência de Thiago Neves, por exemplo, era uma incógnita. Nos últimos 45 dias, seis jogadores deixaram o clube recifense. O último foi o lateral-direito Patric, que conseguiu, via Justiça, a liberação do seu contrato.

O atleta obteve a rescisão do vínculo com os pernambucanos ao alegar atrasos salariais, direito de imagem, 13º e FGTS. ficando livre para assinar com um novo clube. O jogador chegou a ter conversas com a nova gestão para firmar um acordo, mas a negociação não evoluiu.

Na próxima rodada, quando enfrenta o Bahia, no Pituaçu, o técnico não poderá contar com Marcão e Gustavo, que receberam amarelo e estão de fora do próximo jogo. "Precisamos reforçar para que a gente possa pontualmente estar suprindo essas saídas e fortalecendo nosso elenco. A gente sabe que precisa de um número maior para que a gente possa ter alternativas".

Com o resultado obtido ontem, o Leão deixou a zona de rebaixamento, com 11 pontos, e empurrou o São Paulo para a 17ª posição por conta do saldo de gols.

Futebol