PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Trajano: Boca tem razão de reclamar, Atlético-MG escapou de uma muito boa

Do UOL, em São Paulo

21/07/2021 11h26

Classificação e Jogos

O Atlético-MG se classificou para as quartas de final da Libertadores ao derrotar o Boca Juniors nos pênaltis por 3 a 1, depois de um empate em 0 a 0, em jogo no qual uma decisão do VAR causou polêmica, com a anulação de um gol marcado pelo time argentino, além de confusão que virou caso de polícia no estádio do Mineirão, com a disputa já encerrada.

Em sua participação no programa UOL News Esporte, José Trajano dá razão às reclamações do Boca Juniors pela decisão do VAR na anulação do gol que daria a classificação ao time argentino nas quartas de final e destaca a recuperação do goleiro Everson, que havia falhado no gol e depois foi decisivo nas cobranças de pênaltis.

"Eu acho meio estranho esse VAR, de certa forma o pessoal do Boca tem razão, o VAR me incomoda muito, esse detalhe, esse pelo em ovo do VAR me incomoda demais", afirma Trajano.

"Everson, que era um goleiro que vinha falhando, mas eu gosto muito dele, acho que sai bem com o pé, dá rapidez na reposição de bola mesmo com as mãos, tinha engolido um peru, mas o gol foi anulado. Aí depois, nos pênaltis, ele pega dois pênaltis, bate o último pênalti, vira o herói da noite", completa.

Embora tenha conseguido a classificação para enfrentar o vencedor entre River Plate e Argentinos Juniors nas quartas de final, o Atlético-MG não teve uma boa atuação na avaliação de Trajano.

"O Atletico-MG jogou muito mal, jogou muito mal, 0 a 0 horroroso, já não foi bem no primeiro jogo e se livrou de uma boa. Escapou de uma muito boa o Atlético-MG", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol