PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Venda de ingressos não decola e Flamengo vê tempo e custos como vilões

Estádio Mané Garrincha costuma receber o Flamengo quando o time manda jogos fora do Rio - Alexandre Vidal/CRF
Estádio Mané Garrincha costuma receber o Flamengo quando o time manda jogos fora do Rio Imagem: Alexandre Vidal/CRF

Leo Burlá

Do UOL, em Brasília

20/07/2021 12h23

A pouco mais de 24 horas para a bola rolar para Flamengo x Defensa y Justicia, às 21h30, no Mané Garrincha, a venda de ingressos para a volta da torcida aos campos ainda não decolou.

O Rubro-negro comercializou cerca de 5 mil entradas das aproximadamente 18 mil colocadas à venda e dificilmente o estádio terá a capacidade liberada totalmente preenchida.

O clube entende que os custos e o curto tempo entre a decisão da volta da torcida teve impacto direto, já que há necessidade de apresentação de um exame negativo de PCR com prazo de até 48 horas antes do jogo (há um setor destinado a vacinados com as duas doses também).

Além disso, o Fla vê os valores altos de vôos para Brasília como outro entrave, embora ainda haja esperança de que rubro-negros da capital ainda aumentem as vendas. tíquetes variam entre R$ 140 e R$ 500.

Flamengo