PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras derrota o Atlético-GO, encaixa sequência invicta e dispara no BR

Do UOL, em São Paulo

18/07/2021 18h00

Classificação e Jogos

O Palmeiras segue isolado na liderança do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (18), o Verdão visitou o Atlético-GO e conseguiu sua sétima vitória seguida nesta temporada ao derrotar o Dragão, por 3 a 0. O primeiro gol palmeirense foi marcado pelo zagueiro Éder, que tentou bloquear uma finalização de Willian e acabou mandando a bola para o fundo da rede. Nos acréscimos do segundo tempo, o Verdão deu números finais ao jogo, com Gustavo Scarpa e Breno Lopes.

O triunfo em Goiânia, o sétimo seguido do Palmeiras na temporada e o sexto no Campeonato Brasileiro, deixa o Alviverde com 28 pontos ganhos em 36 disputados e credencia a equipe à liderança isolada na tabela. O Atlético-GO se mantém com 15 pontos, no meio da tabela, mas ainda na zona de classificação para a Copa Sul-Americana da próxima temporada.

Lucão inoperante

O primeiro tempo do Atlético-GO ficou longe daquilo que foi planejado pelo técnico Eduardo Barroca. O time ficou preso em seu campo de defesa e, nas poucas vezes em que conseguiu ameaçar o Palmeiras, não ofereceu perigo. O centroavante Lucão ficou sem função e acabou sacado no intervalo.

Willian em alta

O atacante Willian, mais uma vez, foi decisivo para o Palmeiras no Campeonato Brasileiro. O primeiro gol do Verdão, mesmo que tenha sido contra, apenas aconteceu porque o jogador se lançou na bola para tentar a finalização. Além disso, Bigode abriu espaços para seus companheiros e também ajudou na marcação.

Reestreia de Dudu como titular

O atacante Dudu teve sua primeira experiência como titular do Palmeiras após seu retorno. O jogador foi a grande novidade na escalação do Alviverde e, com 40 segundos de jogo, ficou muito perto de abrir o placar em Goiânia. O dono da camisa 43 tentou um cruzamento, a bola desviou em Willian Maranhão e por muito pouco não encobriu o goleiro Fernando Miguel.

Dificuldade nas finalizações

O Palmeiras foi quem ditou o ritmo do jogo no primeiro tempo da partida e poderia ter ido ao intervalo com vantagem no marcador, mas desperdiçou oportunidades de gol com Dudu, Willian e Raphael Veiga. Compacto na defesa, o Atlético-GO apostou nos lances de velocidade em transição, mas pouco perigo ofereceu ao gol defendido por Weverton.

Willian se joga na bola e Éder marca contra

Depois de tanto tentar, o Palmeiras conseguiu abrir o placar no início do segundo tempo em uma jogada bem trabalhada e de poucos toques na bola. Atuando na zaga, Felipe Melo achou Raphael Veiga no meio, que deu um passe em profundidade para Wesley avançar pelo lado esquerdo e cruzar rasteiro. O atacante Willian entrou em velocidade e tentou finalizar com um carrinho, mas não alcançou a bola. O zagueiro Éder vinha no encalço de Willian e desviou a bola, que acabou tomando a direção do gol.

Estreia no Dragão

Emprestado pelo São Paulo ao Atlético-GO, o atacante Toró realizou sua estreia pelo Dragão. O jogador foi uma aposta do técnico Eduardo Barroca no segundo tempo, logo após o Palmeiras ter inaugurado o marcador da partida. O atleta assinou com o clube goiano até o fim do Campeonato Brasileiro.

Atlético equilibra as ações do jogo

Em desvantagem e jogando em casa, o Atlético-GO abriu mão de sua estratégia de compactação defensiva e se lançou ao ataque. O time passou a ter mais a posse de bola e equilibrou as ações da partida. O Dragão reclamou de pênaltis em duas jogadas de ataque, mas o VAR não assinalou as supostas infrações dos defensores palmeirenses.

Pressão no fim, o segundo do Palmeiras e demora do VAR

Os últimos cinco minutos de jogo foram marcados pela abertura das duas defesas e uma intensa produção dos ataques das duas equipes. O Atlético-GO foi para frente e deu espaços para o contra-ataque do Palmeiras. Em um lance rápido puxado por Deyverson, Breno Lopes cruzou para Scarpa dentro da área e o meia deu números finais ao jogo. O VAR checou o lance por quatro minutos antes de confirmar a legalidade do gol palmeirense.

Repeteco do Verdão

Praticamente no lance seguinte ao segundo gol, o Palmeiras roubou a bola, trocou passes no meio de campo e chegou ao campo de ataque em vantagem numérica. O centroavante Deyverson poderia ter tentado a finalização, mas viu Breno Lopes em melhor condição e deu um passe açucarado para o atacante fechar a conta em Goiânia.

Próximos jogos

O Atlético-GO tem a semana inteira livre para treinamentos. Seu próximo compromisso na temporada acontece no domingo (25), quando enfrenta o Santos, na Vila Belmiro.

O Palmeiras entra em campo na próxima quarta-feira (21) para decidir a vaga nas quartas de final da Copa Libertadores da América, contra a Universidad Católica, do Chile. No jogo de ida, em Santiago, o Verdão venceu por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0x3 PALMEIRAS

Competição: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 18/07/2021(domingo)

Horário: 16h (de Brasília)

Local: estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)

VAR: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)

Cartão amarelo: Zé Roberto e Éder (Atlético-GO); Wesley e Abel Ferreira (Palmeiras)

Cartão vermelho: -

Gols: Éder (contra), aos 13' do 2º tempo (0-1); Gustavo Scarpa, aos 46' do 2º tempo (0-2); Breno Lopes, aos 50' do 2º tempo (0-3).

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu (Arnaldo), Oliveira, Eder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas e André Luis (Ronald); Arthur Gomes, Janderson (Toró) e Lucão (Zé Roberto). Técnico: Eduardo Barroca

Palmeiras: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Felipe Melo e Renan; Patrick de Paula (Danilo), Zé Rafael e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa); Dudu (Breno Lopes), Wesley (Matías Viña) e Willian (Deyverson). Técnico: Abel Ferreira.

Futebol