PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Hulk brilha e Atlético-MG derrota o Corinthians de virada em Itaquera

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

17/07/2021 20h58

Classificação e Jogos

A noite foi do atacante Hulk na Neo Química Arena neste sábado. Depois de sair perdendo para o Corinthians e ir para o intervalo com a derrota parcial, o Atlético-MG contou com a força de seu camisa 7 para virar a partida, com um golaço de falta e outra em finalização da entrada da área, para conquistar a vitória, por 2 a 1, no confronto válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O primeiro tempo do confronto foi de muita disputa no meio de campo e poucas chances para ambos os lados. O técnico Sylvinho montou um time compacto e com um grande poder de marcação. Na etapa final, no entanto, o Galo tomou conta da partida, jogou praticamente todo o período no campo de ataque e conseguiu a virada em Itaquera.

Com o resultado, o Atlético-MG chegou aos 25 pontos e igualou o Palmeiras como líder do Campeonato Brasileiro. O Corinthians conheceu sua terceira derrota em casa na competição nacional, estacionou nos 14 pontos e segue na segunda metade da tabela de classificação.

Gabriel se perde na marcação

O volante Gabriel tinha uma atuação regular no primeiro tempo, mas na etapa final caiu de produção e foi determinante para o resultado na Neo Química Arena. O jogador fez a falta que gerou o gol do Atlético-MG e, perdido na marcação, deu muitos espaços para o time adversário.

Presença certa

Apesar do foco no Boca Juniors, nas oitavas da Libertadores, o atacante Hulk não foi preservado por Cuca e fez o 20º jogo consecutivo pelo Atlético. O camisa 7 é o atleta que mais vezes entrou em campo na temporada pelo Galo (32 jogos em 36 do clube). Ele fez 11 gols e deu 9 assistências

Que fase!

Desde que voltou da Copa América, o atacante Vargas não conseguiu se firmar como opção para Cuca. Contra o Flamengo, sentiu dores na panturrilha; neste sábado, foi diagnosticado com s covid-19 e, em BH, já cumpre o período de isolamento. O chileno está sem sintomas graves.

À la Sylvinho

O primeiro gol da partida saiu de uma jogada protagonizada por Cantillo e Gustavo Mosquito — dois nomes importantes no esquema montado por Sylvinho no Corinthians. O colombiano roubou a bola de Nathan na faixa central do campo, deu um passe longo para o atacante, que arrancou em velocidade, driblou o zagueiro adversário e, com classe, colocou a bola no fundo da rede defendida por Everson. Na comemoração, Mosquito se emocionou e dedicou o gol ao seu pai e avô, ambos mortos vítimas da covid-19.

Primeiro tempo morno, mas disputado

A qualidade técnica do futebol apresentado por Corinthians e Atlético-MG nos 45 minutos iniciais do jogo não encantou a ninguém. Com o meio de campo povoado e a linha defensiva do time da casa muito compacta, nem paulistas e nem mineiros conseguiram ter liberdade para criar. Cada equipe teve uma chance no período, marcado pela intensa disputa entre os atletas.

Blitz do Galo e protagonismo de Cássio

O Atlético-MG voltou com uma postura mais ofensiva para o segundo tempo e tomou conta da partida na Neo Química Arena. Em dez minutos, o Galo criou boas chances de gol com Zaracho e Eduardo Sasha, mas ambos pararam nas mãos de Cássio — que vivia noite inspirada.

O incrível Hulk

Melhor na partida e pressionando o Corinthians em seu campo de defesa, o Atlético não demorou a empatar a partida. Em falta na entrada da área, o atacante Hulk encheu o pé em um chute de curva e acertou o gol, entre o travessão e o poste lateral. A bola ainda resvalou na trave antes de estufar a rede de Cássio.

O inacreditável Jô

O centroavante Jô desperdiçou a chance mais clara de toda a partida. Depois de um bicão da zaga do Atlético-MG, a bola rebateu em um jogador do Corinthians e sobrou para o camisa 77 dentro da área, na marca do pênalti e tendo apenas Ederson à sua frente. Na primeira finalização, o goleiro do Galo desviou a bola, mas caiu ao chão. O jogador do Timão pegou o rebote, não tinha nenhuma obstrução entre ele e o gol e, mesmo dentro da pequena área, carimbou a trave.

Hulk define a partida

Depois de tanto pressionar o Corinthians no segundo tempo, o Atlético-MG sacramentou a vitória em um lance de velocidade nos minutos finais. O atacante Hulk recebeu passe dentro da área e chegou com força, chutando cruzado, vencendo Cássio, e selando o resultado na Neo Química Arena.

Próximos jogos

O Corinthians vai ter mais uma semana cheia em seu calendário, já que o Alvinegro volta a jogar apenas no dia 26 de julho (segunda-feira), contra o Cuiabá, fora de casa.

O Galo tem um compromisso importantíssimo nesta terça-feira (20), quando recebe o Boca Juniors, da Argentina, pelo segundo e decisivo jogo das oitavas de final da Copa Libertadores.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1x2 ATLÉTICO-MG

Competição: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 17/07/2021(sábado)Horário: 19h (de Brasília)

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RS)

Cartão amarelo: Dodô e Júnior Alonso (Atlético-MG)

Cartão vermelho: -

Gols: Gustavo Mosquito, aos 37' do 1º tempo (1-0); Hulk, aos 18' do 2º tempo (1-1); Hulk, aos 40' do 2º tempo (1-2)

Corinthians: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Roni (Araos) e Cantillo (Luan); Gustavo Mosquito (Marquinhos) e Mateus Vital (Vitinho); Jô. Técnico: Sylvinho

Atlético-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Alonso e Dodô; Jair (Tchê Tchê) e Allan (Borrero); Nathan (Eduardo Sasha), Hyoran (Calebe) e Zaracho (Franco); Hulk. Técnico: Cuca

Futebol