PUBLICIDADE
Topo

Italiano - 2021/2022

Campeonato Italiano proíbe uniformes verdes a partir de 2022

A Lazio usou um uniforme verde na última temporada - Alessandro Sabattini/Getty Images
A Lazio usou um uniforme verde na última temporada Imagem: Alessandro Sabattini/Getty Images

Colaboração para o UOL

15/07/2021 13h28

Classificação e Jogos

A partir da temporada 2022/23, o Campeonato Italiano não permitirá mais uniformes verdes para os jogadores de linha. A regra, que aparece no artigo 2 do regulamento da competição, visa atender os interesses da televisão.

O objetivo é evitar que a cor dos uniformes seja muito similar à do gramado, atrapalhando o contraste da transmissão e dificultando a visualização por parte do telespectador.

A divulgação da nova regra acontece com um ano de antecipação para que os clubes já trabalhem com este impedimento para os uniformes que deverão ser lançados na metade de 2022, antes do começo da nova temporada.

O Sassuolo, que veste um uniforme principal listrado em verde e preto, além do recém promovido Venezia, que tem o verde, laranja e preto como suas cores principais, deverão procurar alternativas para o próximo ano. Além deles, outros clubes já usaram a cor em suas camisas reservas ou terceiros uniformes, como foi o caso da Lazio na última temporada.

A liga também determina que uniformes alternativos sejam contrastantes, ou seja, um claro e outro escuro. Se usarem mais de três cores deverão ter uma delas como claramente dominante na camisa, calção e meião, enquanto as camisas listradas ou com faixas devem trazer uma alternativa que não repita as cores.