PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

América-MG tenta renovação com Ademir, mas atacante entra na mira do Galo

Ademir, atacante do América-MG, comemora seu gol marcado contra o Palmeiras, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil de 2020 - Marcello Zambrana/AGIF
Ademir, atacante do América-MG, comemora seu gol marcado contra o Palmeiras, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil de 2020 Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Henrique André

Do UOL, em Belo Horizonte

15/07/2021 10h57

Classificação e Jogos

Há exato um ano, Atlético-MG e América-MG se enfrentavam em jogo treino na Cidade do Galo, se preprarando para o retorno do futebol, após paralisação devido à pandemia do novo coronavírus. Naquele mesmo 15 de julho, o atacante Diego Tardelli sofria lesão grave no tornozelo e, dias depois, passaria por cirurgia. Em campo, também estava Ademir, atacante do Coelho, que hoje desperta interesse, curiosamente, do time Alvinegro.

Se recuperando de lesão muscular, o jogador de 26 anos tem contrato com o Alviverde até 31 de dezembro. Já podendo assinar pré-contrato, ele tem futuro indefinido no atual clube. Sobre a informação de estar na mira do Galo, trazida pelo GE, o UOL Esporte conversou com pessoas da diretoria do Coelho e a resposta foi a mesma: até o momento, não houve proposta oficial do rival belo-horizontino.

Ainda de acordo com a apuração, o América-MG se interessa na renovação, mas não há avanço nas tratativas. Sem atuar desde 20 de junho, Ademir sairá de graça a partir de 1º de janeiro. Isso, inclusive, pode servir de trunfo para que o Atlético-MG tente a contratação ainda nesta temporada e, desta forma, reforçando o caixa do outro representante de Minas na Primeira Divisão.

Cabe lembrar que Ademir já fez cinco partidas pelo Coelho no Brasileiro; a negociação (com o Atlético-MG ou qualquer outro clube da Série A) só vingará se ele não atingir o limite de sete.

Números de Ademir

Em 2021, o velocista fez 18 partidas e marcou dois gols. Contudo, desde que entrou na mira do Palmeiras e que teve a saída barrada pela diretoria, ele não foi mais o mesmo e nem teve mais a titularidade garantida. No ano passado, Ademir marcou 8 gols em 24 jogos feitos e foi peça fundamental no retorno à Série A e também na histórica campanha da Copa do Brasil, quando o Coelho acabou sendo eliminado nas semifinais.

Atlético-MG