PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coritiba e Vasco ficam no empate em dia de marca histórica de Cano

Germán Cano, do Vasco, divide a bola com zagueiro Luciano Castan, do Coritiba, em jogo pela Série B - Gabriel Machado/AGIF
Germán Cano, do Vasco, divide a bola com zagueiro Luciano Castan, do Coritiba, em jogo pela Série B Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

13/07/2021 23h25

Coritiba e Vasco empataram em 1 a 1 hoje (13), no estádio Couto Pereira (PR), e se mantiveram na parte de cima da tabela da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol do Cruzmaltino foi marcado por Germán Cano, que chegou a 37 com a camisa vascaína e igualou o paraguaio Silvio Parodi (1954 a 1956) como o segundo maior artilheiro estrangeiro da história do clube. O tento curitibano foi feito por Léo Gamalho.

O Coritiba foi a 21 pontos e se manteve na vice-liderança. Já o Vasco chegou a 17, caiu para a sexta colocação, e está a dois pontos do G-4.

Na próxima rodada, o time paranaense encara o Sampaio Corrêa no Maranhão, já os cariocas recebem o líder e invicto Náutico em São Januário.

Jogo equilibrado

Coritiba e Vasco fizeram um jogo equilibrado e com momentos alternados. Os cariocas iniciaram o jogo melhor, mas os paranaenses foram equilibrando as ações e terminaram o primeiro tempo superiores. No segundo tempo, uma tônica parecida, com o Vasco iniciando bem e o Coritiba igualando as ações. No fim, o Cruzmaltino foi um pouco melhor mas, no geral, o empate foi justo.

O melhor - Pec dá assistência e assusta com chutes

Além de ter dado assistência para o gol de Germán Cano, Gabriel Pec foi quem mais incomodou a zaga do Coritiba e deu dois chutes perigosos. Um que seria golaço e "tirou tinta" da trave e outro que exigiu uma grande defesa de Wilson.

O pior - MT disperso

Embora tenha apresentado uma melhora no segundo tempo, o jovem MT se mostrou muito disperso e fez uma partida muito ruim na etapa inicial.

Pec quase faz golaço

Logo com cinco minutos do primeiro tempo, Gabriel Pec trocou passes com Matías Galarza, invadiu a área e deu uma linda "chapada" buscando o ângulo, mas a bola passou "tirando tinta" da trave de Wilson.

Val assusta

Aos 21, o Coritiba respondeu com um chute cruzado perigosíssimo de Val, que também "tirou tinta" da trave de Vanderlei.

Sempre ele! Cano abre o placar

Vasco comemora mais um gol de Germán Cano contra o Coritiba, no Couto Pereira - Gabriel Machado/AGIF - Gabriel Machado/AGIF
Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Aos oito minutos do segundo tempo, MT experimentou de fora da área, Wilson fez grande defesa e, no rebote, Gabriel Pec rolou de primeira para Germán Cano, que com seu faro de gol escorou rápido e abriu o placar para o Vasco.

Gamalho empata para o Coritiba

Aos 16 minutos do segundo tempo, Léo Gamalho recebeu cruzamento da direita e, em sua especialidade, testou firme se aproveitando de escorregão de Andrey. Vanderlei chegou a encostar na bola, mas a espalmada acabou sendo para dentro do gol.

Romulo se lesiona no aquecimento

Romulo havia sido escolhido para ser titular na partida de hoje, porém, durante o aquecimento, sofreu um trauma no tornozelo esquerdo e foi vetado pelo departamento médico. Com isso, o paraguaio Matías Galarza foi o escolhido para iniciar o jogo.

Encontro dos Castan

O duelo entre Coritiba e Vasco colocou frente a frente os irmão Luciano Castan, do time paranaense, e Leandro Castan, da equipe carioca. Eles se cumprimentaram e deram um efusivo abraço antes de a bola rolar.

Cano autografa camisa do Lanús na saída do hotel

Quando o elenco do Vasco deixava o hotel a caminho do Couto Pereira, Germán Cano foi abordado por um torcedor que possuía uma camisa do Lanús, clube argentino onde o atacante foi revelado e que já declarou ser torcedor. Veja no vídeo abaixo:

A chegada do Coritiba

A chegada do Vasco ao Couto Pereira

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1 X 1 VASCO

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Leone Carvalho Rocha (GO) e Tiago Gomes da Silva (GO)
Cartões amarelos: Matheus Sales, Rafinha, Gustavo Morínigo, Henrique (COR); Zeca (VAS)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Germán Cano, aos 8 minutos do segundo tempo (VAS); Léo Gamalho, aos 16 minutos do segundo tempo (COR)

Coritiba: Wilson; Natanael (Igor), Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Matheus Sales (Willian Farias), Val e Robinho (William Alves), Gustavo Bochecha (Rafinha); Igor Paixão (Dalberto) e Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo.

Vasco: Vanderlei, Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e Zeca; Andrey, Galarza, Marquinhos Gabriel (Arthur Sales) e MT (Figueiredo); Gabriel Pec (Léo Jabá) e Germán Cano. Técnico: Marcelo Cabo

Futebol