PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rashford após ataques racistas: 'Lamento pelo erro, não por ser quem sou'

Marcus Rashford lamenta pênalti perdido na final da Eurocopa -  Alex Morton - UEFA/UEFA via Getty Images
Marcus Rashford lamenta pênalti perdido na final da Eurocopa Imagem: Alex Morton - UEFA/UEFA via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/07/2021 17h46

Classificação e Jogos

A Inglaterra ficou sem o título europeu após perder para a Itália nos pênaltis, com três cobranças desperdiçadas que renderam ataques racistas sobre os jogadores que não marcaram. O jogador do Manchester United Marcus Rashford foi um deles e resolveu responder em suas redes sociais, com uma declaração forte.

"Eu senti como se tivesse desapontado todo mundo. Um pênalti foi tudo que foi pedido para mim. Eu consigo marcar pênaltis dormindo, então porque não aquele? Tenho passado na minha cabeça repetidas vezes desde que bati na bola e não há palavras para descrever como me sinto. Final. 55 anos. Um pênalti. História. Tudo que eu quero pedir é desculpas", escreveu.

Junto com Sancho e Saka, Rashford foi alvo de ofensas racistas após a derrota amarga da Inglaterra. Suas redes sociais foram invadidas por ataques, mas, ao mesmo tempo, reagindo a tudo isso, a federação inglesa, os colegas de time e outros nomes do esporte se posicionaram repudiando a situação.

Rashford ainda destacou quem é, sua cor e sua origem e que nada disso vai envergonhá-lo ou ser motivo de desculpa. "Eu aceito críticas sobre meu desempenho, minha cobrança não foi boa e deveria ter entrado. Mas nunca pedirei desculpas por ser quem eu sou e de onde vim. Nunca senti tanto orgulho em vestir os Três Leões no meu peito e ver minha família torcendo por mim no meio de milhares de pessoas", acrescentou.

Futebol