PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Segundo Maracanazo: Jornais repercutem título da Argentina na Copa América

Messi é levantado pelos jogadores da seleção argentina após a conquista da Copa América - Thiago Ribeiro/AGIF
Messi é levantado pelos jogadores da seleção argentina após a conquista da Copa América Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/07/2021 08h50

Classificação e Jogos

O segundo 'Maracanazo', assim que foi adjetivada a vitória da Argentina contra o Brasil na final da Copa América. Com gol de Di Maria, os comandados de Lionel Scaloni finalizaram um tabu que já durava 28 anos sem títulos.

O jornal argentino 'Olé' relembrou as falas de Jair Bolsonaro ao comemorar a conquista: "Não é uma Copa do Mundo, claro, mas vencer uma final contra o Neymar, em casa, contra o Bolsonaro que disse ter nos cinco, faz com que pareça uma Copa do Mundo", dizia a publicação.

Ainda na mesma publicação é reforçado que a Argentina conseguiu o mesmo feito do Uruguai na Copa do Mundo de 1951, vencer o Brasil, dentro da casa do adversário.

"É o fim de uma história, é o início de outra. A Argentina venceu a final da Copa América, a Argentina conseguiu um Maracanazo, chega de imagens tristes. A Seleção levanta a taça, o Brasil olha para ela, Messi é o rei em sua terra", finalizava.

Repercussão na Europa

O 'Mundo Deportivo', da Espanha diz: "Argentina e Messi já têm a sua taça. O 10 finalmente conseguiu comemorar um grande título com a seleção principal."

Já o 'Sport' enfatiza a 'atuação espetacular' do ídolo argentino, que terminou a competição com quatro gols e cinco assistências em sete jogos.

O 'As' seguiu a mesma linha do 'Olé' e fez questão de falar sobre o 'Maracanazo': "Com alma e coração, das mãos de Lionel Messi, a albiceleste selou seu Maracanazo".

Por fim, o 'Marca' também usou a mesma repercussão: "A Argentina é campeã, justo! Foi quem cometeu menos erro. É tão histórico o Maracanazo de Messi."

Esporte