PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Goleiro salva Grêmio, e Gre-Nal da volta de Felipão termina empatado

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

10/07/2021 18h25

Classificação e Jogos

No jogo do pior ataque contra a segunda defesa mais vazada, deu 0 a 0. Hoje (10), Grêmio e Internacional fizeram um clássico que confirmou a má fase de ambos. O Gre-Nal 433, na Arena do Grêmio, teve poucas chances de gol e quando surgiu a oportunidade mais clara, o goleiro Gabriel Chapecó brilhou em favor dos gremistas. O jogo, válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, também marcou a reestreia de Felipão.

Luiz Felipe Scolari foi anunciado na quarta-feira (7) à noite, comandou um treino e ficou à beira do gramado no início da busca por reabilitação no Brasileirão.

O empate é ruim para gremistas e colorados. O Grêmio continua na lanterna do campeonato e sem nenhuma vitória em nove jogos. O Inter chega a 11 pontos e rondando a zona de rebaixamento.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Grêmio visita o Fluminense, enquanto e o Inter recebe o Juventude. Mas os rivais jogam antes, no meio de semana. O Colorado encara o Olimpia, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, e o Tricolor joga contra a LDU, do Equador, pelas oitavas da Copa Sul-Americana.

Quem foi bem: Gabriel Chapecó e Bruno Méndez

Goleiro do Grêmio fez duas defesas decisivas, ainda no primeiro tempo, e abriu bem a sequência de jogos como titular — por conta da ausência de Brenno, convocado para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Na etapa final, também salvou com outras duas intervenções em chances do Inter.

Zagueiro do Inter foi firme e teve sucesso na maioria das disputas pelo alto. Mostrou bom posicionamento e frieza para aplicar chapéu em Diego Souza, no segundo tempo.

Quem decepcionou: Douglas Costa e Edenilson

Camisa 10 do Grêmio deu nova amostra de que ainda está longe da melhor forma física. Com pouca velocidade e agilidade, sofreu para atacar a defesa do Inter. Ainda assim, tentou na base da técnica.

Artilheiro do Inter no Brasileirão, meia ficou longe da área adversária e ainda pecou na hora de servir Caio Vidal e Yuri Alberto.

Grêmio espera e erra muito

A estratégia do Grêmio foi jogar com o time mais atrás, linhas baixas, à espera do Inter para atacar espaços com velocidade. O problema é que a equipe errou em momentos chave do plano. Faltou intensidade ou agilidade para aproveitar os raros espaços concedidos. Na hora de manter a marcação, houve desencaixe frequente.

Inter faz jogo mais vertical e seguro

A ideia do lado do Inter foi atacar sem esperar muito. De posse da bola, o time concatenou rápido para chegar ao ataque. Não à toa, criou três chances (duas delas muito boas) antes do intervalo. Ao todo foram seis finalizações no primeiro tempo. Na defesa, Bruno Méndez e Cuesta se desdobraram para manter vantagem em bola longa e disputa aérea.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 0 x 0 INTERNACIONAL
Data e hora:
10/07/2021 (sábado), às 16h30 (horário de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
Cartões amarelos: Victor Bobsin (GRE); Bruno Méndez, Rodrigo Dourado (INT)

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Rafinha, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Fernando Henrique, Victor Bobsin, Douglas Costa (Douglas Costa), Alisson e Ferreira (Léo Pereira); Diego Souza (Ricardinho). Técnico: Luiz Felipe Scolari

INTERNACIONAL: Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Rodrigo Dourado, Edenilson (Johnny), Taison (Boschilia), Patrick, Caio Vidal (Thiago Galhardo) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre

Futebol