PUBLICIDADE
Topo

Futebol

David marca duas vezes e comanda goleada do Fortaleza sobre o América-MG

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/07/2021 19h56

Classificação e Jogos

Em noite inspirada do atacante David, o Fortaleza goleou o América-MG por 4 a 0, hoje (7), na Arena Castelão. O atacante foi o principal criador dos lances de perigo do time da casa no primeiro tempo e ainda balançou as redes por duas vezes após o intervalo, na partida da décima rodada do Brasileirão. Éderson fez o primeiro gol e Igor Torres fechou o placar para os donos da casa.

O Tricolor se reabilitou da derrota para o Athletico na última rodada e agora soma 18 pontos, ficando encostado no G4, na quinta colocação. Já o América, que vinha embalado pelos triunfos contra Bahia e Santos, estacionou nos nove pontos.

As duas equipes vão jogar em casa na 11ª rodada. O América-MG volta a campo já no sábado (10), às 19h, quando fará o clássico regional contra o Atlético-MG, na Arena Independência. Já o Leão do Pici enfrenta no domingo (11), às 20h30, o Corinthians.

Visitantes resistem por 45 minutos

O América-MG entrou um pouco mais ligado no jogo, mas não ofereceu grandes riscos. Logo depois, as equipes ficaram trocando muitos passes no meio-campo, esfriando o combate. Da metade para o fim, o Tricolor fez valer o fator casa e ficou mais no campo de ataque, sendo recompensado com o gol no último minuto antes de ir ao vestiário.

O lateral direito Eduardo, do América, resumiu bem o que aconteceu nos primeiros 45 minutos. "A equipe estava bem defensivamente, neutralizando o time deles, que é muito rápido. Tínhamos a proposta de esperar e sair no contra-ataque. Estávamos fazendo um jogo equilibrado, até que saiu o gol", contou, no intervalo do jogo, ao Premiere.

Depois do intervalo, o Fortaleza voltou melhor e conseguiu se impor. Com mais repertório e qualidade, a equipe aprovou os espaços que o Coelho deu e marcaram mais três vezes: duas com David e uma com Igor Torres, que entrou em seu lugar

David chama o jogo

O atacante do time da casa foi quem mais levou perigo ao gol de Cavichioli. Aos 23, recebeu em velocidade até o arqueiro sair muito bem e o desarmar. Aos 27, fez boa jogada pela esquerda, contudo ninguém completou seu cruzamento na área.

Além de concluir, também iniciou boa jogada, aos 36. Encontrou Pikachu avançando e o lançou, que cruzou para Matheus Vargas. O meia viu a chegada de Éderson e só deixou para ele, que acabou finalizando por cima da meta.

Gol do aniversariante

Para coroar seu grande primeiro tempo, o atacante precisou dos acréscimos do árbitro. Mesmo cercado dentro da área, David colou a bola no pé e foi passando pelos adversários, mas perdeu o equilíbrio. Foi então que viu Éderson, sozinho na marca do pênalti. Então, foi só tocar para o volante e ir abraçá-lo na comemoração. O jogador completou 22 anos nesta quarta-feira.

Mas ele é que dá o presente

Depois de tanto participar das principais jogadas do Fortaleza na primeira etapa, David recebeu grande presente no começo da segunda etapa. Éderson ficou com a bola sozinha dentro da área, após o corte mal feito de Felipe Azevedo. Sem ser fominha, tocou para o David que não teve trabalho algum para mandar para o fundo da rede.

América-MG se perde e David aproveita

Em desvantagem no placar, o Coelho precisou sair mais para o jogo. Mas faltou repertorio para a equipe, que não tinha poder de criação nem de finalização. O técnico Vagner Mancini ainda fez três mudanças aos 13 minutos — entradas de Juninho, Carlos Alberto e Geovane —, mas não conseguiu mudar o cenário do jogo.

Pelo contrário, viu seu time perder a força na defesa e permitir que Pikachu avançasse livre pela direita aos 16 minutos da segunda etapa. O defensor teve espaço e carregou a bola até a entrada da área, quando bateu mal para o gol. Mas David, o artilheiro da noite, estava esperto e fez do chute feio uma linda assistência no segundo pau. O VAR analisou rapidamente a jogada e confirmou que o atacante do Leão estava em posição legal para marcar o terceiro gol.

Até o substituto vai bem

Vojvoda tirou David de campo aos 31 minutos. Com a partida decidida, mandou Igor Torres para seu lugar. Ele entrou com fome de gol também. O atacante ficou entre os zagueiros e subiu mais alto que os dois. Cavichioli fez a defesa, mas não impediu que a bola cruzasse a linha e entrasse no gol.

Chute de fora foi opção

Os demais jogadores do Fortaleza pouco conseguiam vencer a forte defesa do clube mineiro na primeira etapa. Por isso, a equipe mandante começou a arriscar mais de fora da área. Felipe tentou duas vezes, aos 31 e 32 minutos, porém não acertou o alvo.

A chance mais clara até o placar ser inaugurado saiu assim, aos 40 minutos. O Tricolor trabalhou bem a bola até Robson encontrar Pikachu com espaço. O lateral pegou de primeira e acabou parando na trave esquerda de Cavichioli. David ainda tentou aproveitar o rebote e finalizou na rede, pelo lado de fora.

Hoje não teve gol do Ribamar

O atacante do Coelho começou a partida com boa chance pela esquerda, aos 8 minutos; Contudo, o jogador pouco fez depois disso. Sumido até o intervalo, tentou apenas um lance pela direita aos 34 minutos. Na segunda etapa, foi ainda mais apagado e cabeceou muito fraco na oportunidade que teve. Tanto que, mesmo com o placar adverso, foi sacado aos 23 minutos para dar espaço a Alan Ruschel.

Jogo fluiu

O árbitro Thiago Luis Scarascati foi praticamente um figurante na partida. Sem aparecer, o juiz deixou a partida andar, tornando a partida muito agradável para quem estava assistindo. Os jogadores também colaboraram e sem reclamações excessivas. A partida ficou sem cartão amarelo até os 34 minutos do segundo tempo, quando Felipe deu uma entrada mais forte no meio-campo. O volante estava pendurado e não enfrenta o Corinthians no domingo.

FICHA TÉCNICA:

FORTALEZA 4 x 0 AMÉRICA-MG
Data: 07/07/2021 (quarta-feira)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Hora: 18h (de Brasília)
Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Auxiliares: Evandro de Melo Lima (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
VAR: Vinicius Furlan (SP)
Gols: Éderson, aos 46' do primeiro tempo, David, aos 9' e aos 17' e Igor Torres, aos 37' do segundo tempo (FOR)
Cartões amarelos: Felipe e Éderson (FOR); Carlos Alberto (AME).

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Benevenuto e Titi; Pikachu (Daniel Guedes), Ederson, Felipe, Matheus Vargas e Lucas Crispim (Carlinhos); David (Igor Torres) e Robson (Romarinho). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Eduardo, Anderson Jesus, Eduardo Bauermann, João Paulo; Zé Ricardo, Juninho Valoura (Alê), Marcelo Toscano (Juninho); Felipe Azevedo (Geovane), Ribamar (Alan Ruschel) e Rodolfo (Carlos Alberto). Técnico: Vagner Mancini

Futebol