PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Viña e Gómez revivem drama do Palmeiras em pênaltis ao sair da Copa América

Gustavo Gómez, zagueiro do Paraguai e do Palmeiras, foi eliminado da Copa América nos pênaltis - Heber Gomes/AGIF
Gustavo Gómez, zagueiro do Paraguai e do Palmeiras, foi eliminado da Copa América nos pênaltis Imagem: Heber Gomes/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Brasília (DF)

04/07/2021 04h00

Classificação e Jogos

Gustavo Gómez e Matías Viña foram eliminados da Copa América de uma forma com a qual, infelizmente para ambos, estão acostumados: nos pênaltis. A dupla do Palmeiras caiu nas quartas de final com as derrotas do Paraguai para o Peru e do Uruguai para a Colômbia.

O infortúnio pelas seleções entra numa lista grande de derrotas em cobranças de pênaltis que ambos encaram no Palmeiras. Apenas em 2021, o clube paulista caiu quatro vezes quando a classificação foi decidida desta forma.

A primeira foi em fevereiro, na decisão do terceiro lugar do Mundial de Clubes. A campanha se encerrou de forma melancólica após o empate em 0 a 0 com Al-Ahly. Vitória do time do Egito por 3 a 2. Gómez e Viña jogaram, o paraguaio acertou sua cobrança.

Em abril, o Verdão sofreu mais duas derrotas nos pênaltis. A primeira na Recopa Sul-Americana, depois de sofrer um gol no último minuto para o Defensa y Justicia no duelo de volta, em que Gómez havia desperdiçado um pênalti no tempo normal. Mesmo que tenha marcado nas cobranças, Gómez não evitou o 4 a 3 para os argentinos nas penalidade —Viña também estava em campo.

A Supercopa do Brasil fez o Palmeiras rever o trauma. Com Viña e Gómez atuando — ambos marcaram nas cobranças —, o time paulista empatou com o Flamengo em 2 a 2, mas viu a taça ficar com o rival após derrota por 6 a 5 na marca do cal.

Finalmente, a última eliminação veio sem a presença do paraguaio ou do uruguaio. Contra o CRB, em junho, a derrota por 1 a 0 no tempo normal levou a decisão para os pênaltis —e o time alagoano à fase seguinte com vitória por 4 a 3.

Copa América revive trauma

O Paraguai caiu primeiro na Copa América. Desta vez, Gómez não participou das cobranças de pênalti pois foi expulso no fim do primeiro tempo da partida da última sexta-feira (2). Antes, ele tinha feito um dos gols paraguaios no empate em 3 a 3. A igualdade levou a definição do semifinalista para as batidas e deu Peru: 4 a 3.

O Uruguai caiu ontem (3). Depois de ficar no 0 a 0 com a Colômbia, Viña e Giménez desperdiçaram as cobranças e o placar acabou 4 a 2 para o adversário.

Tanto o zagueiro quanto o lateral, agora, retornam ao alviverde, que tem mais uma competição de mata-mata em andamento nesta temporada. A Libertadores apresenta duelo com a Universidad Católica e, para o bem dos palmeirenses, que se defina de outra forma.

Esporte