PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tabárez diz que queda uruguaia foi igual a Copa América anterior: "Tocados"

Cavani e Cuellar, durante a partida entre Uruguai e Colômbia - Mateus Bonomi/AGIF
Cavani e Cuellar, durante a partida entre Uruguai e Colômbia Imagem: Mateus Bonomi/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Brasília (DF)

03/07/2021 21h43

Classificação e Jogos

Óscar Tabárez não amplificou a derrota do Uruguai para Colômbia, hoje (3), nos pênaltis após empate em 0 a 0. O resultado eliminou a Celeste da Copa América, e o Maestro citou que o ocorrido foi exatamente igual ao que houve na edição passada.

"É uma eliminação similar a que se deu em 2019, exatamente igual, mas não terminou o mundo. Não consigo ver algo maior do que isso. A eliminação tem o mesmo tamanho que teve a outra. Sentimos, é claro, mas não vamos ver nada além do peso que ela tem", disse em entrevista coletiva.

O Uruguai teve, de fato, o mesmo caminho na competição. Depois de passar da primeira fase, acabou empatando sem gols e caindo nas cobranças. Há dois anos, o rival foi o Peru.

"Estamos muito tocados, estávamos com a ilusão de ter mais tempo na Copa. Não conseguimos, quebrou a ilusão", contou Tabárez. "Houve alternância. Eles não jogaram muito melhor que nós. No início dos dois tempos fomos dominadores. Houve chance deles e nossas. Nos pênaltis é evidente que a Colômbia foi melhor", completou o técnico.

A Colômbia, classificada, jogará novamente em Brasília, na próxima terça-feira (3), contra o vencedor do duelo entre Argentina e Equador.

Esporte